Adonei Aguiar entrega Cheque Moradia à famílias de Curionópolis

 Adonei Aguiar entrega Cheque Moradia à famílias de Curionópolis

Ainda quando não era prefeito, Adonei Aguiar já havia viabilizado e entregue a 100 beneficiados o cheque moradia no valor de R$ 14.100 cada; um montante de R$ 1.410.000. “Trouxe comigo este objetivo de continuar beneficiando a população para que todos venham ter condições mais dignas de vida”, lembra Adonei, ao entregar mais uma remessa do Cheque Moradia a 16 beneficiados, ato ocorrido em seu gabinete no sábado, 29.
Metade dos beneficiados são do Distrito de Serra Pelada e os demais de Curionópolis, todos receberam a segunda parcela do benefício e agora planeja concluir suas respectivas casas.
Umas das beneficiadas é Maria Raimundo, ela tem 58 anos, mora no bairro Da Paz. Para ela a importância do benefício é de criar melhores condições em sua casa que já iniciou a construção graças à primeira parcela do Cheque Moradia. “Agradeço a Deus e ao prefeito Adonei, pois foi graças a ele que estou podendo construir minha casa e agora terminar”, diz Maria Raimunda, agradecida.
Antônia Lima Assunção, tem 69 anos, e mora em uma das ruas do Centro de Curionópolis, ela é também outra feliz beneficiada que diz só ter a agradecer. “Isso pra muitos pode parecer pouco, mas para mim é o suficiente para me proporcionar melhores condições de vida”, afirma Antônia.
De Serra Pelada, entre os oito contemplados com o benefício, está Elizabeth Sousa Correia, de 37 anos. Ela diz que mora na casa com os filhos e agora poderá concluir as obras e vê-los mais felizes. “Nós que precisamos deste benefício sabemos de sua importância. Para mim é indispensável para melhorar a vida de meus filhos”, admite Elizabeth.
Adonei Aguiar, entregou todos os cheques e já faz planos para conseguir junto ao governo do Estado o benefício para outros moradores e ainda de trazer programas federais voltados para moradia no Município. “Gente necessitada não falta aqui. Então vamos dedicar esforços para trazer até eles o braço dos governos e assim auxiliá-los”, disse Adonei.
Como funciona o programa Cheque Moradia do Pará?
O Cheque Moradia é um benefício criado pela COHAB do Pará (Companhia de Habitação do Estado do Pará), sendo uma política social que visa promover o acesso à moradia digna nos municípios do Estado.
Através dele são beneficiadas famílias de baixa renda, que sejam consideradas como de vulnerabilidade social, seu atendimento é feito apenas as famílias cujo rendimento bruto não ultrapasse os três salários mínimos.
Por meio do cheque é possível comprar material para construção, reforma e/ou ampliação da moradia, proporcionando, com isso, mais dignidade às famílias beneficiadas.
O Cheque Moradia da COHAB Pará não se trata de um financiamento, isto porque os beneficiários não precisam pagar pelo valor concedido através do cheque, que é distribuído por meio da transferência direta de renda. O programa está em vigor em todos os 144 municípios do estado do Pará, incluindo a capital, Belém e as cidades do interior do estado.
O dinheiro do programa é concedido por meio de um Cheque, daí o nome Cheque Moradia PA, ele pode ser utilizado apenas para o pagamento de material de construção, o custo da mão-de-obra é de responsabilidade do beneficiado, por conta disso é preciso que o cidadão já tenha um imóvel, lote ou terreno e pretende construir, reformar, ampliar ou melhorar as condições do imóvel. O tipo de construção ou reforma precisa ser aprovado pela COHAB-PA, estando de acordo com as necessidades para transformá-lo em uma habitação digna.
Quem pode participar?
A participação é válida para as famílias que são consideradas de baixa renda (ou vulnerabilidade social). É preciso também atender alguns critérios, tais como: ter família constituída; ter um lote próprio, seja ele cedido ou ocupado pacificamente há mais de cinco anos; nunca ter sido beneficiado por programas de habitação popular e por último apresentar condições para a construção, reforma ou ampliação através da mão-de-obra especializada. Pois nada adianta a família ter todo o material de construção, se não houver um profissional da construção civil, já que o Cheque Moradia não financia a mão-de-obra.
Após se cadastrar o interessado deverá apresentar diversos documentos, tais como: comprovante de renda e também em relação a propriedade do imóvel ou terreno. Posteriormente a seleção uma equipe técnica comparece à residência do candidato para verificar as informações prestadas no formulário da inscrição e também para analisar se a obra realmente se faz necessário. Só depois da aprovação do projeto é que a família recebe o cheque para o pagamento do material, lembrando que o valor pode ser liberado por etapas. Mais informações podem ser obtidas através do site www.cohab.pa.gov.br ou diretamente na Companhia de Habitação do seu município.
Texto e fotos: ASCOM PMC

Deo Martins

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.