PM que baleou colega deve responder por homicídio

 PM que baleou colega deve responder por homicídio

Foto: DOL

O policial militar que baleou Joel Matos, terceiro sargento da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) no município de Tomé-Açu, no nordeste paraense, deve responder por homicídio culposo.

O sargento foi baleado na cabeça por outro agente enquanto atendiam uma ocorrência no distrito de Quatro Bocas, zona rural do município.

ÚLTIMAS HOMENAGENS

O corpo de Joel foi velado na última terça-feira (3) em um centro comunitário em Belém. O sargento será sepultado nesta quarta-feira (4), no município de Marabá, no sudeste paraense.

Um Inquérito Policial Militar (IPM) será instaurado pela Corregedoria Geral para apurar as circunstâncias da morte do militar.

Em nota, a Polícia Civil informou que o delegado Alexandre Lopes abriu inquérito policial e ouviu testemunhas, além disso apreendeu e encaminhou a arma para pericia solicitando exames de balística e necropsia para confirmar a autoria do disparo.

A PC disse ainda, que assim que for encerrado, o inquérito segue ao judiciario competente e, em constatando que o tiro partiu de outro PM, o processo deve seguir para a justiça militar.

Reportagen: DOL

Deo Martins

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *