Trem de Passageiros da Vale transportou quase 140 mil pessoas de janeiro a julho

 Trem de Passageiros da Vale transportou quase 140 mil pessoas de janeiro a julho

Foto: Ricardo Teles

A Vale lançou recentemente um relatório com informações sobre a atuação da empresa no Pará no primeiro semestre deste ano. Um dado relevante refere-se ao trem de passageiros da Estrada de Ferro Carajás, que realiza viagem regular entre os estados do Maranhão e Pará. De janeiro a junho, foram 139, 9 mil passageiros embarcados. O total marca a volta da circulação do trem sem as restrições impostas pela Covid-19 no anos anteriores.

Atualmente, o trem de passageiros da EFC é o que percorre a maior distância entre os pontos de partida e chegada no Brasil. São 861 km, com 15 pontos de parada ao longo de 27 municípios, sendo 24 no Maranhão e 3 no Pará. Ao todo, a jornada dura 16 horas. Os pontos com maior registro de embarque são as cidades de São Luís, Santa Inês, Açailândia, Marabá e Parauapebas, no Pará.

Vantagens da viagem de trem

Segundo a Vale, o uso do transporte ferroviário apresenta vantagens que vão além de questões como menor tarifa, conforto e segurança, indicadas pelos usuários em pesquisas internas já realizadas. Ajuda também a diminuir a emissão de gás carbônico no transporte das rodovias. Isto porque uma única viagem de trem leva cerca de 1.100 passageiros. Se fossem de ônibus, seriam necessários pelo menos 24 veículos, com 45 lugares cada. Menos veículos nas estradas, menos emissão de CO2. Bom também para quem precisa usar as estradas, que goza de um trânsito mais tranquilo e seguro.

Para saber mais sobre a viagem do Trem de Passageiros da Vale acesse: www.vale.com/tremdepassageiros

O relatório completo com as ações da empresa no Pará pode ser consultado em: www.vale.com/pa

Tami Kondo – Relacionamento com a Imprensa Regional / Media Relations – Vale

Deo Martins