Pis/Pasep 2019 e 2020: saiba como resgatar até R$ 1,2 mil

 Pis/Pasep 2019 e 2020: saiba como resgatar até R$ 1,2 mil

Reprodução/Agência Brasil

Muitos trabalhadores desconhecem, mas o PIS/Pasep esquecido referente ao ano-base 2019 e 2020 ainda pode ser sacado. Os beneficiários podem resgatar os valores optando pela solicitação presencial do abono, por telefone, aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou e-mail.

Vale lembrar que têm direito ao benefício trabalhadores com pelo menos cinco anos inscrito no PIS/Pasep e que tenham trabalhado com carteira assinada por no mínimo 30 dias no ano anterior, tendo remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

No caso do benefício, o valor é cumulativo de acordo com a quantidade de meses trabalhados durante o ano-base até chegar ao salário mínimo, que é fixado como teto do PIS/Pasep e já segue o reajuste feito pelo Governo Federal anualmente.

COMO CONSULTAR

Os trabalhadores que estiverem aptos a receber o benefício podem baixar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital para consultar as informações sobre o abono salarial.

Uma outra maneira de consultar o PIS pode ser realizada pelo telefone 800-726-0207, via atendimento Caixa ao Cidadão. Para o Pasep, as consultas estão disponíveis no site do Banco do Brasil.

Caso o trabalhador opte por solicitar o saque por telefone, o número é o 158. Já quem deseja realizar o procedimento por e-mail, o endereço eletrônico é o [email protected] As letras “uf” devem ser trocadas pela sigla do estado onde mora o trabalhador.

No caso do pedido presencial, ele deve ser realizado nas unidades do Ministério do Trabalho e Previdência para o envio do valor à Caixa Econômica Federal, no PIS ou no Pasep, o responsável pelo pagamento é o Banco do Brasil.

Os brasileiros que ainda não sacaram o abono PIS/Pasep referente ao ano base de 2019 e 2020 já podem sacar o valor referente a um salário mínimo.

Dol com informações de JC Concursos

Deo Martins