Em Marabá, Expoama volta com cavalgada no domingo e cinco dias de feira

 Em Marabá, Expoama volta com cavalgada no domingo e cinco dias de feira

Expoama esse ano em Marabá terá cinco dias, começando na quarta dia 20 de julho | Michel Garcia

O Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá (SPRM) oficializou a 34ª Exposição Agropecuária de Marabá, Expoama, uma das maiores festas agropecuárias do norte do Brasil. O evento vai acontecer de 20 a 24 de julho de 2022 no Parque de Exposições José Francisco Diamantino, na BR-155 em Marabá. A feira volta a acontecer após dois anos, por conta da pandemia da Covid-19. A última Expoama aconteceu no ano de 2019.

Para se ter uma ideia da grandiosidade em negócios, essa última feira resultou em nada menos do que R$ 135 milhões de reais.

A novidade para este ano é que o evento vai acontecer somente em cinco dias e não oito como acontecia costumeiramente. Outra novidade é a tradicional Cavalgada que vai acontecer no domingo, dia 17, e não mais no sábado como sempre acontecia. A informação foi confirmada pelo pecuarista Antônio Vieira Caetano, o “Neném do Manelão“, diretor da Expoama.

De acordo com “Neném do Manelão“, a mudança da data da Cavalgada é por conta de se ter menos trânsito aos domingos, e melhoria na mobilidade dos animais, podendo até mesmo antecipar a chegada deles no Parque de Exposições. “Serão cinco dias de evento esse ano e esperamos todo o público marabaense, não vamos deixar acabar a Expoama“, declarou o diretor da festa.

Após dois anos, Expoama volta a ser realizada em Marabá | Michel Garcia

Como shows confirmados para este ano na Expoama, se apresentarão na quarta (20), show gospel com Casa Worship, quinta (21), abertura do Rodeio e show com a dupla sertaneja Jorge e Mateus. Na sexta (22), Rodeio e atrações locais, sábado (23) show com Léo Magalhães e Luiza Martins (ex Luiza e Maurílio) e no domingo (24), encerramento do Rodeio e show com atrações locais.

O evento também contará com os tradicionais leilões, provas de tambor e de marcha, além de outros eventos do agronegócio.

MOVIMENTA A ECONOMIA

A última Expoama aconteceu no ano de 2019, a de número 33. A festa aconteceu no período de 6 a 14 de julho daquele ano no Parque de Exposições José Francisco Diamantino. Naquele ano, a feira movimentou nada mesmo do que R$ 135 milhões de reais somente em negócios fechados pelos expositores. Foram vendidas mais de 200 caminhonetes e mais de 100 tratores durante os 9 dias de feira.

Última Expoama realizada em 2019 movimentou R$ 135 milhões em negócios | Michel Garcia

Nos leilões realizados no tatersal Pedro Miranda de Oliveira fora R$ 35 milhões. Tudo isso fora a movimentação da economia na própria cidade, como restaurantes, bares, hotéis, transportes de gados e pessoas em geral, lojas de produtos agropecuários, lojas de moda country, entre outros segmentos.

A feira conta com praça de alimentação com lanchonetes, churrascarias e bares. Um parque de diversões sempre é montado para a alegria de famílias e crianças além dos shows com cantores locais e de grande repercussão nacional e do mundo sertanejo.

Michel Garcia  – DOL

Deo Martins