Casal de brasileiros lança livro fotográfico com imagens das duas voltas ao mundo que fizeram de carro

 Casal de brasileiros lança livro fotográfico com imagens das duas voltas ao mundo que fizeram de carro

Residentes da cidade de São Bento do Sul, município de Santa Catarina, o casal de viajantes, fotógrafos e escritores Roy Rudnick e Michelle Weiss lançam, no próximo dia 25 de novembro, quinta-feira, às 19h, através de um bate-papo no canal oficial do Youtube (https://youtu.be/ZN5JzOFeo6o), o livro fotográfico “Mundo por Terra – Cada canto do mundo”. O terceiro título dos autores reúne um seleto e minucioso acervo de 156 imagens das mais de 140 mil registradas ao longo das duas viagens de volta ao mundo que eles fizeram entre 2007/2009 e 2014/2017, onde visitaram, a bordo de um motorhome, 103 países, 5 continentes e percorreram mais de 300 mil quilômetros em 2.230 dias. O evento virtual de lançamento oficial do livro contará com a participação de Alberto Andrich, fundador, CEO e presidente da World Adventure Society, especialista em projetos de expedições exploratórias e produção de conteúdo em locais inóspitos e remotos, produtor, diretor, fotógrafo e documentarista de aventura, natureza e cultura com trabalhos publicados em diversos países.

Nossa proposta é proporcionar ao leitor um panorama do mundo como ele é, através de nossas lentes. O resultado é um belíssimo livro de fotografias que, abertas em páginas duplas, têm mais de meio metro na horizontal. Por trás dos detalhes de cada foto há uma história a ser desvendada”, antecipa Roy Rudnick.

Com um carro adaptado para as mais cruéis situações de clima – como a congelada Sibéria com seus 55 graus abaixo de zero, os desagradáveis desertos da Mongólia, África, México e Afeganistão e as altitudes andinas, onde o oxigênio costuma faltar para a combustão do motor –, os autores registraram o que viram nos países visitados e construíram imagens que poucos fotógrafos já conseguiram documentar.

Quando aberto em páginas duplas, o livro mede 51cm; pesa mais de 2kg e exibe, em suas 320 páginas, imagens de povos isolados, desertos sem fim, mercados populares e suas profusões de cores, animais exóticos e difíceis de serem avistados, cordilheiras e montanhas elevadas, florestas tropicais, pequenos vilarejos perdidos em lugares ermos, cidades milenares e flagrantes de cada canto do mundo, como os do povo Quirguiz, um dos mais isolados do planeta, no Afeganistão; as festas e as competições de um dos mais antigos festivais esportivos do planeta, o Naadam, na Mongólia; a imagem em perspectiva de uma estrada sem fim na congelada Sibéria; das imponentes pirâmides do Sol e da Lua no México e os Palmares de Rocha, no Uruguai; as cidades antigas como Alepo, na Síria, e os seus mais de quatro mil anos; a interminável Estrada dos Ossos, na Rússia. Há registros de simpáticos barbeiros de rua na Índia em seus trabalhos cotidianos; intrigantes motos supercarregadas e carros transportando objetos inusitados como dois camelos dentro de um velho Land Rover, no Marrocos.

Aqueles que veem nossas imagens não fazem ideia das dificuldades que tivemos para registrá-las. A equipe – eu e o Roy, é claro – tinha que realizar vários trabalhos ao mesmo tempo: éramos atores, câmeras, diretores, pilotos, assessores e organizadores de arquivos de histórias, fotografias e filmagens. Viver todos estes momentos e guardá-los somente para nós é algo impensável. Essas imagens tinham que ser compartilhadas e nada melhor do que num livro como este. Esta seleção de imagens tem um significado muito grande para nós, pois não apenas registram o que vimos, mas contam a nossa história pessoal nos últimos quinze anos. Esperamos que todos possam desfrutá-las e que compartilhem com seus amigos e familiares, pois nosso mundo é maravilho e precisa ser conhecido por todos“, destaca Michelle Weiss.

Passaram também pelas lentes de Roy e Michelle a luminescência da Aurora Boreal; as ruínas astecas do México e as maias da Guatemala; o Buda Gigante, na China; milhares de gnus e zebras no Rio Mara, na Reserva dos Maasai, no Quênia; as tribos do Vale do Omo, na Etiópia; o Monastério Trindade Gergetti, em Stepantsminda, na Geórgia; as inusitadas expressões dos soldados do Exército de Terracota, na China; entre outras diversas imagens capturadas através de pesados equipamentos que eram carregados em longas caminhadas sob condições de clima e terrenos nada amigáveis, como uma que durou 15 dias para chegarem a 5.496 metros de altitude, no Nepal.

Para Alberto Andrich, o livro “Mundo por Terra – Cada canto do mundo” é uma obra indescritível. “Este trabalho fotográfico emana sensações e emoções difíceis de descrever, que só poderão ser vividas ao virar de cada página. Mantenha os olhos atentos e a mente preparada para viajar com Roy e Michelle. Prepare seus olhos para a beleza e sua mente para o mistério. Abra o coração para o encanto e a alma para as diferenças. Embarque no Mundo por Terra e viaje para dentro de si mesmo (a)”, avalia.

Temas parecem não se esgotar na era das selfies e na internet bilhões de fotos são postas a circular todos os dias. Mas nada se compara ao olhar atento e profissional dos viajantes experientes. Alia-se a técnica das máquinas modernas ao talento artístico daquele que fotografa e têm-se um belo livro de fotos como este: ‘Mundo por Terra – Cada canto do mundo’”, finaliza o publicitário Eloi Zanetti.

Acessibilidade

Visando promover a acessibilidade, o livro “Mundo por Terra – Cada canto do mundo” – baseado no Programa Nacional Livro Didático (PNLD) e no Programa Nacional da Biblioteca Escolar (PNBE) -, que assegura aos estudantes com deficiência matriculados em escolas públicas da educação básica, livros em formatos acessíveis, irá disponibilizar a audiodescrição – recurso que traduz imagens em palavras, permitindo que pessoas cegas ou com baixa visão consigam compreender os conteúdos através do link: http://www.mundoporterra.com.br/audiodescricao-cada-canto-do-mundo/

Doação

Os autores Roy e Michelle vão doar 600 livros para museus e bibliotecas públicas e, também, vão ministrar palestras para professores e alunos da rede pública de ensino.

Preço promocional de lançamento

O livro estará disponível para venda a partir do dia 25 de novembro, através do link: www.loja.mundoporterra.com.br. O preço promocional de lançamento estará com 12% de desconto e será vendido a R$ 198,00. Após esse período, será vendido por R$ 225,00.

O projeto “Mundo por Terra – Cada canto do mundo” é financiado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet – 8.313/1991), com o aval do Governo Federal e o patrocínio das empresas: Focus, Oxford, Rentcars, Intercroma, Artefama, Moveis Katzer e Scm Tecmatic.

Os autores

Roy é administrador, Michelle é arquiteta. Em um momento de suas vidas, quando o trabalho em um escritório já não mais lhes proporcionava satisfação, criaram coragem e largaram a vida trivial. Resolveram procurar no mundo as suas verdadeiras paixões e partiram para sua primeira viagem de volta ao mundo de carro.

A riqueza de informações proporcionadas pelos três anos fora de casa (entre 2007 e 2009) levou-os à decisão de dividirem suas experiências das mais diversas formas. E assim viraram fotógrafos, escritores e palestrantes – divulgadores da diversidade cultural do nosso planeta.

Na primeira viagem, visitaram 60 países em 1.033 dias, num percurso de 160 mil quilômetros. Esta grande aventura foi narrada no livro Mundo por Terra – Uma fascinante volta ao mundo de carro.

O desejo de fazer uma segunda expedição atravessando continentes de carro foi inevitável. Roy e Michelle partiram em 2014 e voltaram ao final de 2017 com inúmeras novas vivências para compartilhar.

Em sua segunda viagem de volta ao mundo de carro, Roy e Michelle foram em busca de experiências mais audaciosas, o que resultou em histórias inimagináveis narradas em um segundo livro, intitulado Mundo por Terra – Onde terminam as estradas.

Seu grande objetivo, alcançado com êxito, era ultrapassar em três pontos a linha da Latitude 70°N, localizada acima do Círculo Polar Ártico: um nas Américas, outro na Ásia e o terceiro na Europa. Para se ter ideia do quão ao Norte encontra-se a Latitude 70, se transferida para o Sul cobriria grande parte da Antártica.

Fazem parte do segundo livro, entre tantas outras, histórias de como que, morando em uma casa sobre rodas, conseguiram lidar com o frio de -55ºC no Extremo Leste Russo; de encontros com os ursos no Alasca; da convivência com as diversas etnias do Afeganistão, consideradas umas das mais isoladas deste planeta; e de arriscados voos de paramotor nos lugares mais exóticos do mundo.

A viagem compreendeu 1.197 dias em um total de 51 países. Foram percorridos 141 mil quilômetros sobre as rodas de Lobo, o motorhome companheiro de aventuras do casal.

Fonte: Virei Notícia

Deo Martins