Em Parauapebas, Sempror pretende implantar projeto inédito de suinocultura

 Em Parauapebas, Sempror pretende implantar projeto inédito de suinocultura

Técnicos da Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror) estiveram reunidos na tarde desta terça-feira (7) para discutir projetos para implementar o processo de produção do homem do campo em Parauapebas. Além de dar vida nova a antigos projetos, a Sempror pretende diversificar a produção no município.

De acordo com o técnico agrícola Gilberto Vieira, a secretaria pretende avaliar a viabilidade do Sistema Intensivo de Suínos Criados ao Ar Livre, o Siscal, inédito na região, mas muito conhecido em países da Europa e estados do sul do Brasil. O projeto, que ainda passará pelo Centro Tecnológico da Agricultura Familiar (Cetaf), poderá ser uma alternativa para comercialização de suínos em outros países.

“Duas vantagens desse sistema são bem peculiares: o baixo valor de investimento na implantação, bem como na manutenção. Sem falar nos benefícios ambientais como redução do uso de água e maior cuidado com o bem estar do animal, exigências valorizadas no mercado exterior”, destaca.

Além de novas matrizes no campo, o gestor da Sempror, Eurival Martins Carvalho, está disposto a implementar áreas com produção ainda pouco significativas, tudo isso, de forma democrática e contando sempre com o pequeno produtor. “Queremos promover debates com os produtores e incentivar algumas áreas que ainda são muito tímidas, mas que possuem muito potencial, como a fruticultura e a produção de leite”, ressaltou.

Texto: Anderson George  –  Fotos: Rafael Leguli

Deo Martins

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.