Bairro dos Minérios prestigia Ação Cidade Democrática

Para entender um pouco mais sobre as necessidades do bairro dos Minérios, a Ação Cidade Democrática realizou na noite desta quinta-feira (30) um grande evento para ouvir os anseios e as sugestões dos moradores para transformar a realidade do setor, atendendo e respeitando todas as suas peculiaridades, já que uma parte é regularizada, outra loteada e outra ocupada.

Durante o dia o pré-candidato Marcelo Catalão visitou, conversou e convidou os moradores para participarem da ação. Muitos deles o chamavam para que ele visse de perto o problema do sistema de esgoto que não suporta toda a demanda da região, e a quantidade de lixo espalhado pelas ruas, já que a coleta é irregular. O asfalto de má qualidade, também, é um problema e frequentemente tem que passar por manutenção.

 O bairro dos Minérios é “novo”, existe em torno de quatro anos e apesar de ter sido um bairro planejado inicialmente, com o passar do tempo, em razão do déficit habitacional de Parauapebas, ele cresceu de forma desordenada e os serviços públicos já não atendem a população de maneira satisfatória, afirma Marcelo Catalão.

À noite, durante a realização da Ação Cidade Democrática, os moradores do bairro dos Minérios agradeceram a oportunidade de poder fazer parte da construção de uma nova história para a Parauapebas. Além de inúmeras críticas, os participantes apresentaram suas sugestões, para que de fato, eles e suas famílias tenham segurança e qualidade de vida.

 “Essa ação é muito boa, pois podemos falar o que precisa ser melhorado no nosso bairro”, disse Leonardo Moreira, 57 anos, comerciante ambulante. Já a dona de casa Márcia Lima, 34 anos, afirmou ser importante falar das coisas que podem ser melhoradas, principalmente no que se refere a segurança. “Moro aqui há quatro anos e o bairro está cada vez mais perigoso”, disse.

“O partido Democratas acredita que só ouvindo a população poderemos construir um projeto para a cidade que priorize as pessoas. Ninguém conhece mais sobre o seu bairro que você. Nós vamos ouvir toda a cidade”, concluiu Marcelo Catalão.

Deo Martins

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.