1º AEROPEBAS


O CAP – Clube de Aeromodelismo de Parauapebas, realizou nos últimos dias 27, 28 e 29 de maio, o 1º AEROPEBAS com a presença de pilotos de vários estados do Brasil.

Há quatro anos atrás, alguns amigos alugaram um “pedaço de terra” na saída de Parauapebas e montaram uma pequena estrutura para a prática do aeromodelismo. De lá pra cá, a quantidade de adeptos ao esporte vem aumentando e hoje o CAP já tem uma sede própria, com um enorme galpão, banheiros, espaço com segurança para o público, estacionamento e pista adequada para a prática do aeromodelismo.

“ Antes voávamos nos loteamentos da cidade, onde tinha asfalto e não tinha postes, na medida que íam colocando os postes a gente mudava de lugar, não éramos bem recebidos nesses locais. Bem no início alugamos uma área e construímos uma pista bem amadora e a galera tomou gosto pela coisa então resolvemos juntar e compramos uma área para o Clube e investimos em infraestrutura para podermos receber eventos de grande porte. Hoje temos uma sede própria” disse Vinícius Ávila, vice presidente do CAP.

O 1º AEROPEBAS contou com a presença do público que acompanhou a exibição de manobras dos aviões e helicópteros. Pilotos de renome nacional de vários estados como Pará, Goiás, Maranhão, Tocantins, Minas Gerais, Santa Catarina que participaram da competição em 06 modalidades.

Categoria escala: onde é avaliado o voo e a riquezas de detalhes no aeromodelo, quanto mais parecido com um avião real, maior a nota para o competidor. O vencedor dessa categoria foi o piloto Gleiksson Gomes.

Categoria avião 3D: São avaliadas as manobras feitas pelos pilotos com maior nível de dificuldade e realismo, onde o piloto Campeão Brasileiro Matheus Dias foi o vencedor.

Categoria voo rasante: Nessa categoria, o piloto tem que passar mais próximo do solo com o avião por uma distância maior e o piloto vencedor foi o piloto Antônio de Sousa, atual Campeão Brasileiro.

Categoria voo rasante de dorso: O quesito para essa categoria é um pouco mais “complicado”, pois, o piloto além de passar próximo ao solo, o avião fica de cabeça para baixo que o piloto Irajá Júnior venceu.

Categoria voo rasante de jato: O piloto tem que passar com o avião o mais próximo da pista por uma distância maior com um jato que ultrapassa os 300km por hora e o Campeão Brasileiro na modalidade Patrick Rezende que veio de Blumenau/SC

Categoria urubu fly: Essa foi a hora mais esperada pelo público. Os pilotos tem um tempo determinado pela organização para levarem seus aviões o mais alto possível e ao mesmo tempo todos desligam os motores. O último avião que pousar na pista é o vencedor. Toniclei de Sousa sagrou-se campeão da categoria.

Depois das competições, o Campeão Brasileiro Marcelo “Batata” de Uberlandia/MG, deu um show de pilotagem com o helicóptero e depois fez um voo noturno com umas lâmpadas de led que deram um visual maravilhoso em um dos seus helicópteros.

O AEROPEBAS foi o primeiro evento no estado que premiou os competidores com troféus + dinheiro e contou com a presença dos Srs. Jadir Filho e Valentin, Diretores da COBRA – Confederação Brasileira de Aeromodelismo, de 4 campeões Brasileiros, 11 clubes, 6 estados, público e família dos pilotos.

Em 2017, o AEROPEBAS fará parte do Circuito Nacional de aeromodelismo nos dias 27 e 28 de maio.

CAP – Clube de Aeromodelismo de Parauapebas

Presidente: Rômulo Massariol

Vice-Presidente: Vinícius Ávila

Secretário: Elionai Lopes

Diretor: Júlio César

Tesoureiro: Gleiksson Gomes

Deo Martins

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.