SEMED incentiva merendeiras a participar de concurso nacional

 SEMED incentiva merendeiras a participar de concurso nacional

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Divisão de Alimentação Escolar (DAE), reuniu merendeiras e fiscais de merenda com o objetivo de incentivar a participação das servidoras no concurso nacional das “Melhores Receitas da Alimentação Escolar”, que visa eleger e premiar as cinco melhores receitas do país ― uma por região ― elaboradas por merendeiras.
O evento, que ocorreu no auditório do Centro Universitário de Parauapebas (Ceup), na última quarta-feira, 26, contou com a presença de cerca de 60 servidoras. Na ocasião, a equipe de nutricionistas apresentou o regulamento do concurso, ressaltou a importância da contribuição das merendeiras e se colocou à disposição para auxiliá-las na inscrição e participação no certame.
O nutricionista Ather Barbosa considera que o município teve ótimo resultado na primeira edição e tem tudo para apresentar desempenho semelhante. “Na 1ª edição do concurso, o município inscreveu 11 receitas, duas delas chegaram à final e uma foi a grande campeã da região Norte. Com o resultado e a divulgação realizada no primeiro concurso, esperamos que o número de inscrição triplique”, projeta Ather.
EXPECTATIVAS
Olhares atentos durante a explanação da equipe e dúvidas relatadas pelas profissionais de merenda deixam claro o quanto as servidoras ficaram interessadas em participar. A merendeira Maria Ivonete Arruda, da Escola Municipal de Educação Infantil Maria Salete, localizada na Palmares II, confidencia que já está pensando na receita. “Fiquei muito interessada em participar, ainda mais pelo prêmio de R$ 6 mil. Vou começar a pensar em receitas saudáveis”, antecipa Maria.
Outro exemplo de interesse é o da merendeira Lucimar Andrade, da Escola Antônio Matos Filho. Ela esteve na reunião junto com a diretora da sua escola, Solange Rosa, e garante: já tem uma receita em mente. “Faço uma receita de bobó de abóbora que as pessoas gostam muito. Vou tentar melhorar e adaptá-la para o concurso”.
Solange Rosa garante que a merendeira pode contar com apoio da diretoria e que os primeiros a experimentarem o prato serão os funcionários da escola. “A partir da semana que vem vamos providenciar o prato e apresentar para degustação na escola e, posteriormente, levaremos aos nutricionistas para avaliação”, diz, empolgada, a gestora sem, contudo, revelar a surpresa.
O CONCURSO
Em sua 2ª edição, o concurso “Melhores Receitas da Alimentação Escolar” é iniciativa do Ministério da Educação (MEC), via Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), com a finalidade de valorizar o papel de merendeiras e promover a formação de hábitos alimentares saudáveis. As inscrições estão abertas desde 11 deste mês e seguem até 26 de maio.
Mais informações podem ser conferidas no site do MEC, no endereço eletrônico http://melhoresreceitas.mec.gov.br.
Texto e fotos: Messania Cardos

Deo Martins

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.