Zé Vaqueiro lamenta público em seu show: “só 13 pessoas”

 Zé Vaqueiro lamenta público em seu show: “só 13 pessoas”

Zé Vaqueiro tem apenas 22 anos, recordou os momentos difíceis de passou até alcançar o sucesso. | Reprodução/ Instagram

José Jacson de Siqueira dos Santos Junior, o Zé Vaqueiro, tem apenas 22 anos e nasceu em Ouricuri, em Pernambuco. É dono de uma voz poderosa e considerado um dos maiores nomes da nova geração do forró.

Apesar dos números grandiosos de visualizações que hoje o cantor acumula, a infância de Zé Vaqueiro não foi nada fácil. Desde pequeno precisou se virar para sobreviver: vendia sorvetes, trabalhou em um lava-rápido e chegou a passar fome.

Aos poucos, começou a cantar em bares de Fortaleza, lugar em que foi morar depois que se mudou de Pernambuco. Para se promover como cantor, gravou um disco caseiro e distribuiu as 50 cópias em festas e feiras da cidade. Mas foi mesmo durante a pandemia que as coisas começaram a mudar e Zé Vaqueiro viu suas músicas Letícia e Tenho Medo crescerem em visualizações.

Durante sua participação no “Boteco do Ratinho” desta sexta-feira (20), ele recordou os momentos difíceis de passou até alcançar o sucesso.

Com direito a boa música e conversas animadas, Ratinho recebeu Vaqueiro, que hoje é considerado um dos principais destaques da nova geração de cantores de forró, e Paula Mattos, dona de várias canções sertanejas de sucesso nos últimos anos.

Durante a atração,  contou sobre um dos perrengues da carreira que mais lhe marcou: “Quando eu cheguei lá tinham 13 pessoas“, recordou sobre um de seus shows.

Dol com informações do SBT

Deo Martins