Aula inaugural da III Turma do Qualifica Pará é realizada na Palmares Sul

 Aula inaugural da III Turma do Qualifica Pará é realizada na Palmares Sul

O Vereador Miquinha, participou na noite desta última quarta-feira, 18, da cerimônia de abertura da III Turma do Qualifica Pará na Palmares Sul. O projeto, que visa a inserção e a reinserção de pessoas no mercado de trabalho, capacitará jovens à partir de 18 anos nos cursos de horticultura orgânica, mecânica de motocicleta e eletricista predial e residencial. Os cursos fruto de uma parceria com o Governo do Estado beneficiará dezenas de jovens da zona urbana e rural do município.

De acordo com Miquinha é importante garantir que os jovens tenham qualificação profissional, e o programa é um excelente meio para isso. “Agradecemos muito ao Governo do Pará, na pessoa do governador Hélder Barbalho e ao secretário de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) Inocêncio Gasparim e ao apoio do deputado Bordalo que intermediou a vinda dos cursos para a região”. Para o parlamentar, os cursos têm fortalecido muito aos municípios de Parauapebas, Curionópolis, Canaã dos Carajás e Eldorado dos Carajás.

Para a professora Ana Paula Ferreira, é uma honra fazer parte da equipe de professores que ministrará os cursos na Palmares Sul. Sou fruto dessa comunidade, sei o quanto é importante e significativo para mim ver esses jovens tendo a oportunidade de se qualificar aqui no bairro. E isso devemos ao nosso vereador Miquinha, que não tem medido esforços para ajudar não somente nossa comunidade, mas todos os bairros de Parauapebas”. A educadora ressaltou, que é preciso ajudar os cidadãos a se qualificarem e irem em busca de uma oportunidade de emprego digna.

Horticultura

Para o agrônomo Langner Choa, que ministrará o curso de horticultura orgânica, o curso além de qualificar as pessoas para um mercado de trabalho cada vez mais promissor e crescente, traz a eles conhecimentos para aproveitar seu espaço físico, produzindo hortaliças para sua segurança alimentar. “As técnicas que serão ensinadas visam garantir a saúde do produtor e principalmente a qualidade dos produtos por eles cultivados, respeitando sempre os recursos naturais e os conhecimentos a respeito das plantas e seus ciclos”.

Langner destacou, que ao final do curso os alunos estarão capacitados à produzir de forma saudável e orgânica alimentos em pequena e grande escala, e, também estarão capacitados à produzir os insumos como adubos orgânicos e caldas de combates a insetos que atacam as lavouras. “Eles serão treinados quanto à identificação e manejo de pragas e plantas daninhas”.

Texto: Rosiere Morais

Deo Martins