Projeto Esporte e Cidadania realiza o 1° Interpolos com disputa no futebol e futsal

 Projeto Esporte e Cidadania realiza o 1° Interpolos com disputa no futebol e futsal

O Projeto Esporte e Cidadania (PEC) termina a temporada de 2022 em grande estilo. Na manhã deste domingo, 27, ocorreu a abertura do 1° Interpolos, que reúne os polos do projeto em uma disputa acirrada no futebol de campo e no futsal. O Complexo Esportivo, do bairro Rio Verde, deu o pontapé inicial na competição entre os alunos, que receberam o apoio e o incentivo de seus pais. É mais uma iniciativa da Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel).

O campeonato vai levar, com certeza, muitos garotos, jovens e adolescentes para participar e até mesmo mostrar seu talento. É o Campeonato Interpolos, são vários polos aqui do município de Parauapebas que estão participando. Hoje é o início e no dia 04 o encerramento. Você pode participar conosco”, disse Jorge Guerreiro, secretário adjunto da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer.

A abertura da competição contou com os hinos nacional e municipal e com todos os atletas, no masculino e feminino, adentrando em campo perfilados para a disputa da modalidade de futebol. Dos sete polos do Projeto Esporte e Cidadania, cinco deles participaram da disputa: Praça da Juventude, Palmares Sul, Vila Sansão, Complexo VS-10 e Complexo Esportivo do Rio Verde.

Queremos agradecer imensamente a prefeitura por essa garantia de direito do esporte e lazer as nossas crianças e adolescentes do nosso município. Dizer da nossa gratidão aos pais por apoiar os seus filhos, por confiar nos profissionais da secretaria. Dizer também que o esporte continua sendo uma grande ferramenta de transformação e inclusão social”, afirma Rosânia Corrêia, coordenadora geral do PEC.

O PEC beneficia mais de 3 mil crianças e adolescentes de 4 a 17 anos de idade, com diversas modalidades esportivas como bicicross, capoeira, futebol de campo, futsal, judô, jiu-jitsu, karatê, voleibol e xadrez, tanto no masculino como no feminino, além do ballet. É uma grande oportunidade para quem sonha em se tornar um atleta profissional, é o caso de Ítalo Gustavo, de 13 anos, que joga como atacante no Complexo da VS-10.

Estou gostando de participar desse campeonato, está sendo um prazer para realizar o meu sonho e eu vou está representando o polo da VS-10 e vamos voltar com a vitória. O projeto é muito bom, melhorou a minha vida. Agradecer a Semel e obrigado ao meu professor, minha professora que estão nos ajudando a jogar”, diz Ítalo Gustavo, aluno do Projeto Esporte e Cidadania.

O Interpolos vai seguir até o próximo dia 04 de dezembro, onde será o encerramento no Ginásio Poliesportivo Islander Souza, no bairro Beira Rio, com a premiação e o certificado para todos os alunos que participaram da competição entre os polos. “Mais uma vez estamos em uma realização de evento encerrando as atividades da Secretaria de Esporte e Lazer com o Interpolos PEC Esporte e Cidadania para todas as crianças, dentro e fora das quadras”, fala Raylla Maciel, coordenadora de eventos.

Além do futebol de campo, a modalidade de futsal, também vai entrar no torneio, com os jogos marcados para o sábado, 03, no ginásio. O principal objetivo do Projeto Esporte e Cidadania é de formar bons cidadãos através do esporte, que é um instrumento educacional de transformação e inclusão social. “Para nós do Complexo Rio Verde é uma alegria muito grande está participando desse evento que está iniciando aqui em nosso polo. É um sonho muito grande fazer acontecer esse primeiro Interpolos. Estamos felizes, estamos gratos”, agradece Márcia Chabab, coordenadora do polo Complexo Esportivo do Rio Verde.

Texto: Fábio Relvas – Fotos: Lenno Costa – Assessoria de Comunicação / PMP

Deo Martins