Prefeitura e Defensoria Pública assinam termo de cooperação técnica para criar centro “Eles por Elas”

 Prefeitura e Defensoria Pública assinam termo de cooperação técnica para criar centro “Eles por Elas”

O termo de cooperação técnica assinado pela Prefeitura de Parauapebas e a Defensoria Pública do Pará visa criar o primeiro Centro Educativo Eles por Elas no interior do estado, para uma atuação conjunta no combate à violência contra a mulher. O centro educativo trabalha com o homem envolvido em violência de gênero para evitar sua reincidência.

O objetivo desse projeto é expandir o Reincidência Zero. É um trabalho preventivo realizado pela Defensoria e, agora, em parceria com o município de Parauapebas, propõe evitar reincidência dos casos de violência contra a mulher”, explica o defensor público-geral do Pará, João Paulo Lédo.

Para a defensora pública municipal, Kelly Soares, participar de grupos reflexivos, que trabalhem a masculinidade saudável, faz com que autores de violência possam ser reinseridos na sociedade. “Esse é mais um passo para que a gente atenda esses homens e para que a gente proteja as nossas mulheres, principalmente, com base em educação e direito”, afirma.

Rede de Atendimento

Parauapebas possui uma sólida rede de atendimento e proteção à mulher, que conta, também, com o Centro de Atenção ao Homem. “Essa parceria com a Defensoria Pública vem corroborar com tudo aquilo que a gente imagina para Parauapebas – zero feminicídio”, destaca o prefeito Darci Lermen.

Texto: Morgana Albuquerque – Fotos: Orion Lim – Assessoria de Comunicação/PMP

Deo Martins