Polícia Federal flagra diversos crimes dentro de garimpo ilegal em terras indígenas

 Polícia Federal flagra diversos crimes dentro de garimpo ilegal em terras indígenas

Agentes encontraram alojamento de trabalhadores em situação precária/Fotos: Divulgação/PF

A Polícia Federal, em conjunto com o IBAMA, deflagrou uma operação de combate a crimes ambientais, usurpação de bens da união e redução à condição similar à de escravo. A ação foi realizada no garimpo Manelão, que funciona há mais de uma década no território indígena Trincheira Bacajá, município de Altamira. A operação fez parte do projeto Guardiões do Bioma, que visa extinguir ações ilegais na região.

Durante a execução, foram apreendidas peças de ouro, ferramentas utilizadas na extração irregular do minério, uma arma de fogo e duas escavadeiras hidráulicas, de mais ou menos R$ 700 mil cada, que foram inutilizadas pela polícia.

O garimpo se encontrava em condições precárias. Barracões sem condição de higiene, não havendo local para banho e realização das necessidades pessoais. Operários alegaram ter carga horária aproximada de 12 horas por dia, sem qualquer equipamento de proteção individual.

Fonte: Ascom/PF

Deo Martins