Pilotos e comissários suspendem greve às vésperas do Natal

 Pilotos e comissários suspendem greve às vésperas do Natal

Os pilotos e comissários pedem reposição da inflação acumulada pelo INPC e aumento real de 5%. | ( Divulgação )

O SNA (Sindicato Nacional dos Aeronautas) confirmou na última sexta-feira (23) a suspensão da greve até o resultado da votação da nova proposta de convenção coletiva, que será divulgado às 12h30 de domingo (25).

As empresas propõem reajuste de 6,9%, equivalente ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que é de 5,97%, mais 1%. Os pilotos e comissários pedem reposição da inflação acumulada pelo INPC e aumento real de 5%. A primeira proposta das empresas aéreas previa aumento real de 0,5%.

O sindicato das empresas aéreas diz que o preço das passagens foi impactado pela pandemia, pela desvalorização do real frente ao dólar e pelo conflito entre Ucrânia e Rússia, que causou o aumento no preço do petróleo.

Para aeroportos da Infraero, é possível acessar o site da empresa e verificar o status dos voos. Alguns terminais também fornecem painéis similares em seus sites, como o aeroporto de Viracopos.

Voos atrasados na sexta:

– Congonhas

56 voos atrasados na partida

47 voos atrasados na chegada

Sete voos cancelados na partida

Oito voos cancelados na chegada

– Santos Dumont

34 voos atrasados na partida

26 voos atrasados na chegada

Quatro voos cancelados na partida

Três voos cancelados na chegada.

Os dados são das 19h12, e a Infraero diz que nem todos têm relação com a paralisação dos aeronautas.

Folhapress

Deo Martins