867 comprimidos de medicamento proibido pela Anvisa são apreendidos pela PRF

 867 comprimidos de medicamento proibido pela Anvisa são apreendidos pela PRF

PRF apreende comprimidos de medicamento proibido pela Anvisa no Pará. — Foto: Reprodução / PRF PARÁ

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 867 comprimidos de medicamento usado no tratamento de úlceras gástricas e para induzir abortos em gestantes. A apreensão foi na segunda (16) no KM 53 da rod. BR-316 em Castanhal, nordeste do Pará.

Segundo a PRF, um veículo transportava o medicamento, que em casos de indução de abortos pode levar ao óbito, por isso foi determinada sua apreensão em todo o território nacional por ser fabricado e comercializado sem registro.

Na abordagem, o condutor disse que comprou aproximadamente 100 cartelas do medicamento pelo valor de R$3 mil no Paraguai e que iria comercializá-lo no valor de R$200 em uma farmácia na cidade de Macapá, no Amapá.

O motorista foi conduzido à Delegacia de Polícia em Castanhal e pode ser indiciado pela comercialização de medicamentos proibidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Fonte: G1

Deo Martins