Prefeitura sanciona lei que cria Projeto Start e institui o subsídio Bolsa Start

 Prefeitura sanciona lei que cria Projeto Start e institui o subsídio Bolsa Start

Com o objetivo de contribuir para a formação e capacitação dos jovens de Parauapebas, o Projeto Start visa gerar oportunidades do primeiro emprego e contribuir com a renda dos beneficiados, por meio do auxílio financeiro Bolsa Start.

Em 2021, a formação da primeira turma contemplou 150 jovens que cursaram nove cursos profissionalizantes por meio da parceria com o Senai. “É por meio da capacitação profissional da nossa juventude que nós estamos abrindo portas e cuidando do futuro da nossa cidade. Isso é um grande ganho para cada jovem de Parauapebas”, diz o secretário da Juventude, Yuri Sobieski.

Com o Projeto Start, a meta é formar 150 jovens a cada três meses, para que entrem com segurança no mercado de trabalho. E isso virou realidade com a sanção da Lei Municipal Nº 5.037, de 08 de dezembro de 2021, que garante a ampliação do número de jovens com cursos técnicos e profissionalizantes, de modo a propiciar a melhoria da qualidade de vida e a valorização do mercado de trabalho no município.

Bolsa Start

O Bolsa Start será no valor de R$ 200,00 por mês, para os jovens selecionados para o projeto. O pagamento será concedido durante o período de realização dos cursos ofertados, com duração de três meses. O processo de seleção será por meio de edital, publicado pela Secretaria Municipal de Juventude (Sejuv) trimestralmente, mediante divulgação no Diário Oficial do Município.

Texto: Morgana Albuquerque – Foto: Elienai Araújo – Assessoria de Comunicação/PMP

Deo Martins