Segundo o Sindicato dos Bancários, foram 35 assaltos e 18 tentativas até o mês de outubro. Foto: Reprodução

Somente em 2018, já houve 53 ataques a agências bancárias no Pará até o momento. A informação é do Sindicato dos Bancários. Foram 35 assaltos consumados e 18 tentativas. Durante todo o ano de 2017, foram 71 ações criminosas, com 40 roubos e 31 tentativas. Já a agência do Banpará localizada no interior do Hospital Ophir Loyola, em Belém, continuou fechada na tarde de ontem após o assalto da última terça-feira (30), quando três homens armados entraram tranquilamente na instituição e renderam o vigilante e o gerente do banco e levaram uma quantia de cerca de R$600 mil.
A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado pela Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Vera Paoloni, diretora do sindicato, destaca que no caso do Banpará houve um sério agravante: a falta de porta eletrônica com detector de metais na entrada da agência.
Bandidos invadem hospital Ophir Loyola e roubam mais de R$ 600 mil. Assista!
Em nota, o Banpará informou que após o crime os assaltantes seguiram pela travessa 14 de Abril, sentido bairro de Fátima. Policiais militares do 2º BPM e integrantes do Batalhão de Polícia Tática (BPOT) fizeram buscas em alguns bairros da capital, em especial no bairro Fátima, para localizar e prender os criminosos, mas até o momento ninguém foi preso.
O espaço que o hospital cedeu para o banco é mínimo, o que inviabilizou a implantação da porta eletrônica. É preciso investimento em uma área maior e instalação urgente da porta, inclusive para cumprimento de lei estadual”, comentou a diretora.
Mesmo com circuito de câmeras de segurança, os bandidos não se intimidaram. Os números assustam a categoria, que pede mais segurança nos bancos. “É preciso manter a integridade das pessoas e dos nossos funcionários. Se um dos bandidos resolvesse matar nosso colega, eles teriam matado. O Banpará está em extrema vulnerabilidade. O sindicato tem pressionado e cobrado para que as vidas não sejam colocadas em risco. Acreditamos que isso melhore também com investimento em segurança pública”, disse Vera.
BANPARÁ
Pelo menos cinco assaltantes teriam participado de uma ação criminosa contra um posto do Banpará que funciona dentro do Hospital Ophir Loyola no bairro de São Brás, na manhã de terça (30), por volta das 10h. O bando levou aproximadamente R$ 600 mil. Segundo as informações de testemunhas, eram 10h quando a quadrilha, cautelosamente, entrou e se dividiu nas dependências do hospital. Os assaltantes renderem os vigilantes e o gerente do banco e foram até o cofre da agência, de onde levaram o dinheiro.
Uma das câmeras gravou o momento em que eles rendem uma pessoa e a levam para dentro do posto bancário que abria naquele momento, uma vez que vários servidores do Estado recebiam seus salários. Foram dois minutos com eles revirando gavetas e o cofre retirando o numerário. O local onde ocorreu o assalto fica a menos de cem metros da Seccional Urbana de São Brás e da Divisão de Homicídios onde há um movimento muito grande de policiais e viaturas no local.
Reportagem: Diário do Pará

Comentários do Facebook