A Polícia informou nesta quinta-feira (1º) que um homem foi preso no município de Muaná, no arquipélago do Marajó, no Pará, acusado de estuprar a sogra de 105 anos.
De acordo com a polícia, a vítima era diagnosticada com Alzheimer e o acusado teria se aproveitado da situação para cometer os abusos. O agressor foi preso, por determinação da Justiça, na quarta (31) e deve responder por estupro de vulnerável.
O delegado Guilherme Gonçalves disse que as investigações apontam que a idosa era estuprada há cerca de um ano. Segundo o delegado, além da idosa não ter plenitude das funções cognitivas, ela não se locomovia e estava completamente cega.
A vítima passou por exames médicos e periciais na manhã desta quinta-feira (1º). O resultado da perícia constatou que a idosa tinha várias marcas na região genital. A Polícia Civil segue investigando o caso.
Reportagem: G1 Pará

Comentários do Facebook