Banco do Povo

Foto: Anderson Souza

Os microempreendedores de Parauapebas agora contam com duas agências do Fundo Municipal para a Geração de Emprego e Renda Banco do Povo. A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento (SEDEN), inaugurou, hoje (07/03), a segunda agência do projeto, instalada no Centro de Abastecimento de Parauapebas (CAP), na estrada Faruk Salmen, com a presença do prefeito Valmir Mariano, vereadores, servidores públicos, secretários municipais e imprensa.

Na ocasião, foram entregues 41 cheques simbólicos, representando o crédito equivalente ao valor liberado para os primeiros contemplados de 2016 na nova agência, totalizando um valor de cento e noventa e seis mil e quinhentos reais (R$ 196.500,00). “Estamos entregando hoje, uma estrutura totalmente diferenciada com o excelente padrão de qualidade que temos adotado em nossas obras. O nosso objetivo é gerar oportunidade para o microempreendedor alavancar o seu negócio, oferecendo um crédito com juro a preço acessível”, ressaltou o prefeito Valmir Mariano.

A Uiara Andressa Macena de Lourdes é cabeleireira e manicure; há um ano, abriu seu próprio negócio e agora quer ampliar seu comércio. “Solicitei o crédito para montar minha clínica de estética. Essa é uma grande chance para a gente que é microempreendedor realizar o nosso sonho. Agora é fazer acontecer; vou trabalhar para conquistar as clientes de Parauapebas”, comemorou.
Já a dona Valdecir da Silva Conceição, que vende produtos de beleza e semi-jóias, tem usufruído dos créditos oferecidos pelo Banco do Povo há cinco anos para aumentar a renda. “Todo ano eu só renovo. Para quem quer subir na vida é uma ótima oportunidade”, diz Valdecir que com o aumento das vendas dos produtos, já construiu a casa própria. “Eu vendo os produtos e dá para comprar o material ir construindo minha casa”, relata.
O secretário de Desenvolvimento, Wander Nepomuceno, parabenizou os contemplados e reforçou a importância do projeto. “Mais do que proporcionar recursos para as famílias, melhora a qualidade de vida, resgata expectativas; é a possibilidade da realização de sonhos. Agradecemos ao prefeito Valmir pelo apoio a esta importante política pública de fortalecimento da economia local”, destacou.

O atendimento na nova agência é das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira, no Cap, na estrada Faruk Salmen.

Saiba mais

Para solicitar o micro crédito ao Banco do Povo, primeiramente, o microempreendedor participa de uma palestra, realizada todas as terças-feiras, às 10 horas, no Cap, para conhecer o projeto.

É necessário apresentar documentos de Carteira de Identidade, CPF, fluxo de caixa do seu negócio e a cópia do cartão de banco; morar no município há pelo menos um ano e ter um fiador. “No caso do avalista, é necessário ter comprovação de renda de pelo menos três vezes o valor da parcela que vai ser liberada; esses são os requisitos mínimos. O objetivo principal é fomentar o crescimento de micro e pequenas empresas”, explica o coordenador administrativo do Banco do Povo, Paulo Patrick Prich.

Ainda de acordo com o coordenador, o empreendimento do solicitante tem de ser dentro da cidade ou em localidade próxima, no caso a zona rural. “O crédito tem de ser utilizado no empreendimento. Não pode desviar esse dinheiro para outros fins”, afirma Patrick.
Após passar pela avaliação do comitê interno do Banco do Povo, a solicitação do micro crédito é enviada para a Sefaz para os trâmites legais.

Reportagem: Sara Dias

 

Comentários do Facebook