Agentes Comunitários de Saúde recebem tablets para atender a população

 Agentes Comunitários de Saúde recebem tablets para atender a população

A Prefeitura Municipal de Parauapebas, por meio da Secretaria de Saúde (SEMSA), realizou na manhã desta quinta-feira, 18, a entrega de tablets aos agentes comunitários de saúde (ACS). O objetivo principal do uso dos tablets é informatizar o trabalho diário dos ACSs, otimizando o tempo das visitas domiciliares e, dessa forma, ganhar tempo e ampliar o número de visitações.

Anteriormente, esses profissionais efetuavam o trabalho de forma manual, com preenchimento de fichas de papel. Após a visita, os agentes ainda precisam digitar os dados em dois sistemas de informação. Com os tablets o retrabalho será evitado, pois somente será necessária a exportação dos dados de cada paciente visitado. De acordo com a SEMSA, serão entregues 243 tablets aos agentes comunitários de Saúde.

De acordo com a Diretora da Atenção Primária em Saúde, Seanne Rodrigues, os tablets trarão mais agilidade aos agentes. “Os agentes comunitários de saúde têm em mãos uma ferramenta muito importante para a construção de políticas públicas para a Atenção Básica, mas para isso, ela precisa ser alimentada corretamente com os dados captados em campo. A Prefeitura de Parauapebas caminha para uma gestão pública cada vez mais informatizada, eficiente e inteligente”.

Para o secretário da Saúde, Gilberto Laranjeiras, o recurso beneficiará as áreas atendidas pelas UBSs que possuem Estratégia Saúde da Família (ESF). “Será possível fortalecer a promoção da qualidade de vida da população de Parauapebas e intervir nos fatores que colocam a saúde em risco, como falta de atividade física, má alimentação e o uso de tabaco. Com atenção integral, equânime e contínua, a ESF se fortalece como uma porta de entrada do Sistema Único de Saúde. Nosso prefeito Darci Lermen mais uma vez cumpre o que vem garantindo a todos, uma saúde cada vez mais humanizada”, ressalta o gestor da pasta da saúde.

Agente Comunitário de Saúde (ACS):

Atualmente, Parauapebas possui 243 agentes comunitários de saúde e eles são fundamentais na composição das equipes da ESF, pois realizam o acolhimento e cadastro das famílias através de visitas domiciliares. São os olhos das equipes de saúde, para além do tratamento com medicamentos. O vínculo de confiança firmado entre as famílias e estes profissionais faz com que se concretize o maior objetivo da atenção básica: a promoção em saúde, ou seja, intervir para evitar doenças.

Assessoria de Comunicação – SEMSA

Deo Martins