Homem morre após acidente com álcool ao tentar esquentar comida

 Homem morre após acidente com álcool ao tentar esquentar comida

Stive era mais um brasileiro sem condições de comprar um simples gás de cozinha. | Reprodução

Os sucessivos aumentos (mais de 50% só este ano) do gás de cozinha estão fazendo muitos brasileiros recorrerem a artifícios na tentativa de ter uma alimentação mais digna. A maioria, muitos pelo Pará, já passaram do botijão de gás para a velha improvisação de forno a lenha. Alguns, sem recurso nem mesmo para comprar carvão, acabam tomando decisões perigosas.

Foi o que aconteceu na tarde da última sexta-feira (6) com Stive Daves Alves dos Santos, de 33 anos. Ele morreu na noite de segunda-feira (5), depois de se queimar ao tentar aquecer seu alimento com álcool, já que não tinha dinheiro para comprar gás de cozinha, que está custando mais de R$ 100 e deverá subir mais ainda nos próximos dias.

O incêndio foi na tarde de sexta, no Jardim Bela Vista, em Goiânia. Stive encontrava-se internado na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Ele ficou com 50% do corpo queimado.

Chirlene, a esposa da vítima, afirmou que o marido teve uma parada cardíaca no momento em que era feita a raspagem, que é uma limpeza no ferimento para retirar resíduos.

Fotos tiradas por Chirlene do dia do incêndio mostram que o fogo destruiu parte dos móveis da casa. Ele será enterrado no Tocantins, onde nasceu.

DOL com informações do Metrópoles

Deo Martins