Policia Federal realiza operação contra crimes de estupro de vulnerável e pornografia infantil em Parauapebas

 Policia Federal realiza operação contra crimes de estupro de vulnerável e pornografia infantil em Parauapebas

A Polícia Federal realizou na manhã desta quinta-feira (29) a “Operação Atrocitas” que teve como objetivo coibir a prática dos crimes de estupro de vulnerável e de produção e armazenamento de material pornográfico infantil. Um mandado de prisão preventiva e três de busca e apreensão foram cumpridos nos municípios de Viseu e Parauapebas, no Pará e no estado e em Senador Canedo no estado de Goiás.

Segundo a PF, as investigações iniciaram a partir de relatório produzido pelo Núcleo de Repressão aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil na Internet da Polícia Federal setor especializado no combate a abuso sexual infantil. Ainda de acordo com a PF, o abusador aproveitava da convivência íntima com as crianças para encontrar oportunidades para fazer o abuso e fotografar as cenas. As imagens então eram armazenadas em aparelhos telefônicos e servidores na internet.

O envolvido pode responder pelos crimes de estupro de vulnerável, produção de conteúdo pornográfico envolvendo criança ou adolescente e armazenamento de conteúdo pornográfico infantil. As investigações seguem em andamento. Informações G1

Deo Martins