Vereador Miquinha se prepara para realizar prestação de contas de seu mandato

 Vereador Miquinha se prepara para realizar prestação de contas de seu mandato

No dia 29 de janeiro (sábado), o vereador Miquinha do Partido dos Trabalhadores (PT) estará realizando a prestação de contas do seu mandato junto à comunidade. O evento será realizado de 08 às 18hs no Complexo Esportivo da Palmares Sul, Estádio Castanheirão zona rural de Parauapebas, região que adotou o vereador em 1994.

O objetivo da prestação de contas é levar um pouco do nosso trabalho à comunidade, sempre tivemos um mandato atuante e no ano de 2021 não foi diferente, tivemos 77 indicações e 16 projetos de leis aprovados na câmara municipal”. Comentou Miquinha.

Israel Pereira Barros, (Miquinha, do PT) está em seu terceiro mandato como vereador e apresentará à população, a 8ª prestação de contas anual dos trabalhos executados como parlamentar no Mandato Popular. Atualmente Miquinha é presidente do partido dos Trabalhadores de Parauapebas e no legislativo o vereador faz parte das Comissões de: Agricultura, Direitos Humanos, Comissão de Terras e também é presidente da CPI da Vale.

Miquinha entrou na política no ano de 2004, através de um plebiscito quando concorreu ao cargo de vereador pelo Partido dos Trabalhadores (PT), não conseguindo se eleger. Em 2008, o representante legitimo da Palmares Sul, conquistou uma cadeira na Câmara Municipal de Parauapebas. Enquanto vereador por dois mandatos, atuou na luta como defensor dos direitos básicos e de melhores condições de vida para a população.

Em 2018, Miquinha foi além e encarou o desafio de concorrer para Deputado Federal, onde conseguiu 12.362 votos espalhados por 141 dos 144 municípios do Estado Pará. No ano de 2020, o político concorreu as eleições na capital dos minérios, onde foi eleito no legislativo. Hoje o vereador tem trabalhando em prol do desenvolvimento do município nas áreas da agricultura, educação, cultura, saúde, segurança pública, esporte e lazer por meio de indicações, projetos de lei e requerimentos.

Deo Martins