Teve a conta banida do WhatsApp? App terá opção para recorrer da decisão

 Teve a conta banida do WhatsApp? App terá opção para recorrer da decisão

WhatsApp está trabalhando em uma forma para facilitar a recuperação de uma conta banida. Nesta segunda-feira (12), o WABetaInfo revelou um novo procedimento para recorrer da decisão através do próprio aplicativo de mensagens. A opção, que ainda está em desenvolvimento, surgiu versão de testes do mensageiro para iPhone.

O site demonstrou a novidade através de algumas imagens. Em uma delas, encontra-se uma tela com a informação de que a conta não tem permissão para usar o mensageiro e que as conversas permanecem salvas no dispositivo. Mas o que chama a atenção é a opção localizada abaixo dos avisos: “Solicite uma revisão” (em tradução livre).

O botão leva o usuário a uma segunda tela para pedir uma revisão do banimento. O mensageiro ainda disponibiliza uma caixa de texto opcional, onde é possível incluir mais detalhes que possam contribuam com a solicitação de revisão. A resposta, de acordo com o WABetaInfo, será informada através de uma notificação do app.

WhatsApp prepara opção para solicitar revisão de banimento de conta (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Após este processo, o usuário pode se deparar com uma das duas telas abaixo. A primeira informa que a decisão foi revertida e oferece a opção “Verificar conta” para voltar a utilizar o mensageiro com as mesmas credenciais. Já a segunda avisa que a conta continua banida. Neste caso, é possível retomar o uso do mensageiro com um novo número de telefone.

Esta conta não pode usar o WhatsApp”, informa o mensageiro caso a conta continue banida. “Concluímos a nossa análise e descobrimos que a atividade desta conta vai contra os termos de serviço do WhatsApp”.

Aviso do WhatsApp para dizer se conta continua banida ou não (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Ainda não há previsão de lançamento do recurso nas versões de testes e estável do mensageiro. A expectativa é de que a opção também chegue ao app para Android.

Fonte: Tecnoblog.net

 

Deo Martins