Sejuv sai na frente e Projeto Tamo Junto no Enem leva cerca de 500 jovens para aula inaugural.

 Sejuv sai na frente e Projeto Tamo Junto no Enem leva cerca de 500 jovens para aula inaugural.

Acordar cedo, preparar a mochila com todos os materiais escolares necessários para a rotina de todo estudante, aquele brilho no olhar e muita disposição, em ir atrás do sonho de ingressar em uma universidade pública, foi com esse objetivo, que cerca de 500 de jovens de 15 a 29 anos se reuniram no plenário da Câmara Municipal de Parauapebas neste último sábado, 06, para participarem da primeira aula inaugural do Projeto Tamo Junto no Enem, idealizado pela Prefeitura Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal da Juventude (Sejuv). Todos os alunos que estiveram presentes aproveitaram a chance de se inscreverem de forma on-line em uma das vagas, que estiveram disponíveis de 01 a 05 de agosto.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), é o método mais concorrido de avaliação entre os estudantes que pretendem cursar o ensino superior em instituições acadêmicas públicas ou privadas. Neste sábado, centenas de alunos puderam confirmar o tamanho da força de vontade em participar deste concorrido meio de aprovação, ao soarem o famoso “presente” no primeiro dia de aula.

Durante a solene a aula inaugural foram convidados para dar boas-vindas aos futuros universitários, o vice-prefeito de Parauapebas, João Trindade que reforçou os avanços do governo municipal voltados para a educação. Um dos compromissos prioritários da atual gestão é preparar os jovens para encarar o mercado de trabalho no futuro.  “Esse talvez seja o maior investimento social – econômico que um governo pode fazer na sociedade, porque sabemos que uma vaga em uma faculdade federal é difícil, então o governo está preocupado em desenvolver a sua juventude. Esse ano tivemos alguns avanços significativos como a UEPA que já vai fazer a seletiva no vestibular. O governo está trabalhando para fortalecer isso”, detalhou o vice.

O secretário da Juventude, Yuri Sobiesk, explicou a grandeza do projeto. “A prefeitura cria condições de acesso às universidades para a juventude em situação de vulnerabilidade em Parauapebas. É uma iniciativa importante que visa colocar igualdade para prestar o Enem e demais vestibulares. Estamos muito felizes em receber esses 500 matriculados. Entregamos o kit de uniforme, além da confirmação da inscrição”, detalhou o secretário.

O gestor da Juventude pontuou ainda, que Parauapebas é a primeira cidade da região a implantar a iniciativa, em apoiar  aos que estudam ou que já concluíram o ensino médio nas escolas públicas do município. “As inscrições já se encerraram e foi um sucesso. Todos os públicos puderam participar sem distinção, apenas tivemos que seguir como critério a faixa etária considerada pela Constituição Federal do Brasil que compreende ser jovem apenas o público de 15 a 29 anos de idade, sendo esse também o público alvo da Sejuv, além disso, o cadastro só valeria se comprovasse que estão matriculados no Enem desse ano”, detalhou Sobieski.

Os alunos do Tamo Junto no Enem também puderam conhecer os mestres que estarão empenhados em apoiá-los durante esse processo intenso de aprendizado. A professora e também diretora de Planejamento e Projetos da Sejuv, Adriana Valadares chegou motivando a garotada e ao lado dela, o professor, Arilson Paixão.  Após o cerimonial, os alunos seguiram o resto do dia aquecendo o raciocínio como destino ao Enem .

Gabriela Gonçalves está otimista, segundo a estudante sonha em ser advogada. “É uma grande oportunidade para os jovens, porque quando a gente chega no Enem dá aquele susto, com essa oportunidade a gente fica mais tranquila e mais segura. Eu parabenizo a Sejuv, porque o jovem precisa desse empurrãozinho. Sempre sonhei em fazer Direito e vou lutar por isso”, destacou a vestibulanda.

Quem também aproveitou a chance foi Kaique Souza, ele detalha que não possui recursos para custear sua formação. Há um ano terminou o ensino médio e desde então, vem se dedicando ao ingresso à Universidade Federal.  “A Prefeitura está abrindo várias oportunidades para os estudantes de baixa renda aqui de Parauapebas. Eu mesmo sou um aluno de baixa renda, sempre estudei em escola pública, mas vou correr atrás da minha vaga na Federal e quero medicina. Eu vou continuar lutando até conseguir”, finalizou.

A Câmara Municipal durante esse período estará todos os sábados recebendo esses estudantes com aulas preparatórias.  Ao todo serão 144 horas de aulas ministradas, entre 06 de agosto e 12 de novembro, porém, segundo a coordenação, dia 05 de novembro está agendado o corujão de estudos. O Enem 2022 acontece nos dias 13 e 20 de novembro e até lá os estudantes terão a missão de revisar conteúdos e se dedicarem ao máximo em busca dos objetivos.

Texto Cleidi Rodrigues – Fotos Elienai Araújo

Deo Martins