Parauapebas vence o Apipará 2022 e será sede do evento no ano que vem

 Parauapebas vence o Apipará 2022 e será sede do evento no ano que vem

Mel é bom e faz muito bem à saúde,  foi nesse clima com sabor de mel que a equipe técnica da Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror) e apicultores de Parauapebas, trouxeram ótimos resultados para o município, ao participarem da 18ª edição do Apipará 2022, que aconteceu no último final de semana, de 20 a 22 de maio, na cidade de Primavera, região nordeste do Pará. Considerado o maior evento do segmento da Amazônia, na divulgação e valorização da prática de apicultura. A programação foi promovida pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), e contou ainda com a participação da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), além da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme).

A cada edição, um município é escolhido a ser a sede do evento seguinte, mas para ser vencedor, é preciso atender vários critérios que serão avaliados pelos organizadores, entre eles: o desenvolvimento de projetos voltados para cultura do mel e a preservação ambiental, já que a meliponicultura e apicultura dependem exclusivamente do ciclo de equilíbrio ao ecossistema para se ter êxito na produção. O Apipará visa estimular o segmento de mel e seus derivados, assegurar a qualidade cada vez maior desta cadeia produtiva no estado, além de valorizar as cidades que tem investido nesse ramo da economia rural, assim a Sedap coloca em prática uma série de ações voltadas para esse tipo de produção.

Parauapebas tem buscado sua integração na cadeia produtiva do mel, e foi o que garantiu sua participação na 18ª edição do Apipará, sendo representada pela equipe técnica da Secretaria de Produção Rural (Sempror), e produtores rurais que também foram convidados. Como proposta, apresentaram durante o clico de palestras, um vídeo explicativo, onde retrataram como a prefeitura tem investido no projeto de Apicultura e Meliponicultura, implantado no município em 2011, incentivando os pequenos agricultores com o apoio técnico e estímulo, para que tenham o mel como renda familiar. Uma das propostas da Sempror é que em 4 anos, 150 novos apiários sejam implantados na região rural do município.

A grandeza do projeto de Parauapebas se destacou entre os demais, o que foi determinante para que fosse a cidade escolhida entre os municípios participantes, para ser a sede do evento ano que vem . “Estamos honrados, nossa cidade será a sede do maior evento de Apicultura e Meliponicultura da Amazônia, é com grande honra que nós assumimos essa responsabilidade, vamos trabalhar muito para que Parauapebas seja reconhecida”, agradeceu o técnico da Sempror, Rafael Campello.

A 18ª edição do Apipará -2022, contou também com a participação dos órgãos governamentais, a Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa), além do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que desde a fase preparatória do Apipará realizou cursos aos interessados.

Texto: Cleidi Rodrigues/ Ascom – Fotos: Sempror

Deo Martins