Jornada Pedagógica inicia o ano letivo da rede municipal de ensino de Parauapebas

 Jornada Pedagógica inicia o ano letivo da rede municipal de ensino de Parauapebas

Nos dois primeiros dias, 16 e 17, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) reuniu todos os educadores no Ginásio Poliesportivo para tratar sobre “Atuação Profissional”, “O Amor como ferramenta de transformação” e “O fazer pedagógico Inclusivo”. A primeira palestra foi ministrada pela Drª. Quesia Lustosa e a segunda, pelo Padre Patrick Fernandes. Já os professores Frank Sousa e Josefa dos Santos trataram sobre inclusão.

Na sequência, as atividades foram divididas por segmento de ensino. No dia 18, foram contemplados os professores dos Anos Finais, Educação de Tempo Integral e Ciclos Iniciais, enquanto que os da Educação Infantil, Escolas do Campo e Educação de Jovens e Adultos (EJA) fecharam a programação.

O professor de Língua Portuguesa da Escola Faruk Salmen, Wagner Ledo Ferreiro, participou dos quatro dias de programação por trabalhar em mais de um segmento de ensino. Para ele, a iniciativa da Semed trouxe importantíssimos conhecimentos a serem postos em prática já em seu planejamento.

Para nós professores foi enriquecedor demais. Tivemos contato com palestrantes que realmente trouxeram muito conhecimento, de forma clara e leve, que vão ajudar na hora de planejarmos nossas ações pedagógicas nas práticas em sala de aula”, garante o educador, parabenizando a secretaria pela organização do evento. “Tudo muito organizado, desde o acolhimento até a escolha das temáticas e palestrantes”.

Quem também saiu motivada e com novas ideias foi a professora Maria Alda de Sousa da escola Ana Maria Machado. “A jornada foi  feita com muito carinho para nos acolher de forma especial. O que eu consegui assimilar aqui vai fazer toda a diferença em minhas práticas, na aprendizagem das minhas crianças’, afirma a educadora.

Segundo o secretário de Educação, José Leal Nunes, a participação do público superou as expectativas. “Organizamos tudo com muito cuidado e carinho para acolher bem nossos educadores e eles compareceram e aproveitaram todas as atividades. Acredito que cada um dos momentos vivenciados aqui teve uma contribuição importante para nossos educadores e impactará diretamente na aprendizagem de nossos alunos”, destaca o gestor.

A vereadora Eliene Soares também marcou presença na programação. Ela compartilhou parte da sua experiência como educadora e reafirmou o seu compromisso com a educação de Parauapebas, assim como o Deputado Federal Keniston Braga.

EDUCAÇÃO INCLUSIVA

Um dos principais assuntos abordados no evento foi a educação inclusiva. O tema geral permeou todas as discursões. A professora Maria Liliane Garcez abordou a “Educação Contemporânea: Currículo Inclusivo na Formação Integral da Criança” com os professores da educação infantil, enfatizando o desafio de não deixar ninguém para trás.

Vim contribuir com a rede nessa discursão sobre um currículo que considera todas as crianças de uma forma integral. Eu entendo essa pauta da educação inclusiva não só como uma responsabilidade da educação especial, mas de todos os educadores. Ela é imprescindível de ser abordada em um evento como este”, declara a palestrante.

OUTRAS FORMAÇÕES E O INÍCIO DAS AULAS

Depois da Jornada Pedagógica, os educadores participarão de uma semana de formação continuada sobre o Documento Curricular Municipal de Parauapebas (DCMP), de reuniões administrativas nas escolas e realizarão o planejamento pedagógico.

As aulas estão previstas para começarem no dia 27 de janeiro.

Texto: Messânia Cardoso – Fotos: Lucas Santos e Thamires Tayna. – Assessoria de Comunicação/PMP

Deo Martins