Janeiro Branco 2023 traz como tema “A vida pede equilíbrio”

 Janeiro Branco 2023 traz como tema “A vida pede equilíbrio”

A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), lançou a campanha “Janeiro Branco”, que tem como principal objetivo à construção de uma cultura da Saúde Mental na humanidade. Como janeiro é o primeiro mês do ano, ele acaba inspirando as pessoas a fazerem reflexões acerca das suas vidas, das suas relações, dos sentidos que possuem, dos passados que viveram e dos objetivos que desejam alcançar no ano que se inicia.

Como o tema geral para este ano é “A vida pede equilíbrio”, a Semsa planejou encontros entre servidores para falarem sobre o assunto. Segundo a psicóloga Juliana Coimbra, momentos como esse são muito importantes.

Conseguimos estabelecer um tempo para falar e ser ouvido, tirar um pouco do peso que acumulamos ao longo do tempo e nos ajuda manter relações mais saudáveis com nós mesmos e com o próximo”, finalizou.

Para a enfermeira Sandra Ribeiro, coordenadora da pasta Saúde e Segurança do Trabalhador da Semsa, a proposta da campanha vem ao encontro a uma necessidade real da atualidade.

Começo de ano sempre pede reflexão sobre o passado, o presente e o futuro de nossas vidas e sobre como conduzimos nossas relações. Os grupos no quais atuamos têm o objetivo de oportunizar a fala e desenvolver o bem-estar, a qualidade emocional de vida, estimular o autoconhecimento e a autonomia mental como estratégias simples para o autocuidado” enfatiza a servidora.

De acordo com Gilberto Laranjeiras, secretário de Saúde, o Janeiro Branco é uma ação importante para sensibilizar a população quanto à necessidade do cuidado e atenção para a saúde mental. Ele faz questão de reforçar o quanto ações como estas podem salvar vidas.

Acabamos de passar por algo nunca enfrentado na história desta geração, uma pandemia que infelizmente deixou sequelas, e quando digo isso me refiro a vidas que foram perdidas, histórias que deixaram de ser escritas, e isso afeta a mente dos familiares, amigos e companheiros. Devemos manter o equilíbrio, afinal a vida pede equilíbrio, devemos buscar se abrir com os profissionais que podem nos ajudar. Nossa saúde, sem sombra de dúvida, tem muita gente capacitada para isso, gente que ama o que faz”, explica.

Então, que neste mês possamos buscar o equilíbrio e manter-se com a saúde mental centrada, não tenhamos medo do novo e jamais a gente deixe que os pensamentos ruins nos puxem para baixo. Lembre-se que a campanha do Janeiro Branco existe, mas os outros meses também podem, e devem, ser uma extensão de tudo que aprendemos neste mês.

Texto: Ítalo Almeida – Arte: Ascom – Assessoria de Comunicação/PMP

Deo Martins