ENGIE abre 2ª chamada para projetos educativos inovadores e inclusivos

 ENGIE abre 2ª chamada para projetos educativos inovadores e inclusivos

A ENGIE Brasil Energia reconhece a importância da educação e do seu poder de transformação social. Esse é um de seus pilares-foco para atuação nas comunidades das regiões onde a Companhia opera. Por isso, desde o dia 29 de setembro, foram abertas as inscrições para o 2º Edital que reconhecerá e premiará professores que desenvolvem experiências com foco em impulsionar a educação de crianças e jovens. O edital de 2022 faz parte do Programa de Educação, lançado pela ENGIE Brasil Energia no dia 25 de agosto, que reúne iniciativas com intuito de atuar nas principais temáticas e desafios à educação brasileira.

A empresa premiará até 25 experiências desenvolvidas por profissionais da educação das redes pública e privada. Podem participar projetos com potencial de replicação em outras localidades. São quatro categorias possíveis: práticas que contribuam para a mitigação da evasão escolar, reprovação ou distorção de idade/série; iniciativas que colaboram para a melhoria do desempenho dos estudantes nas disciplinas instrumentais (português e matemática); vivências que reforcem o uso de tecnologias, do pensamento criativo e da inovação; e ações que promovam a educação ambiental e/ou pensamento social crítico e a compleição cidadã.

As experiências selecionadas, aderentes ao Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4, serão premiadas com R$ 5 mil para investir no projeto e um notebook para o educador responsável. “A ENGIE sempre apoiou projetos de educação, mas, com os desafios gerados pela pandemia, tornou-se ainda mais urgente trazer programas estruturados que ampliem as ações em benefício dos estudantes, professores e escolas, colaborando para reduzir o tempo de recuperação desses impactos”, comenta Luciana Nabarrete, Diretora Administrativa da ENGIE Brasil Energia.

No âmbito da educação, nos últimos dez anos foram investidos pela Companhia cerca de R$ 8 milhões em apoio a mais de 1200 projetos. Em 2021, o edital foi voltado a iniciativas com foco na diminuição da evasão escolar ou no desenvolvimento de novas competências e habilidades para professores e/ou alunos. Foram recebidas mais de 150 inscrições. Dessas, 30 iniciativas, distribuídas em 12 estados onde a empresa atua, foram selecionadas. Os vencedores são acompanhados desde a premiação e a expectativa é que o impacto alcance aproximadamente 8  mil crianças e adolescentes.

No Pará, a capital Belém, venceu a proposta Projeto Educação e Cidadania, feito por Danielle Gonçalves Martins de Oliveira. Os recursos foram aplicados em aquisição de equipamentos ou insumos/materiais; construção ou reformas; treinamento e qualificação; serviços de terceiros; e outras despesas, desde que devidamente justificadas e relacionadas à proposta.

As inscrições devem ser feitas pela plataforma Prosas, com link disponível em www.engie.com.br/editaleducacao, até 21 de outubro. Os vencedores do edital serão conhecidos no 25 de novembro.

Serviço

2ª edição do Edital de Educação – Prêmio Educador ENGIE

Inscrições pelo site: www.engie.com.br/editaleducacao

Período de inscrições: 29/09 a 21/10/2022

Quem pode participar?  Profissionais da educação das redes públicas e privada

Quais locais podem participar? Todos os municípios do entorno das usinas da ENGIE e dos projetos em implantação (No Pará e Tocantins a ENGIE é responsável pelo Projeto Novo Estado)

Qual a premiação? As 25 experiências selecionadas receberão premiação de R$ 5 mil para investimento no projeto. Os educadores responsáveis ainda recebem um notebook.

Samara Batista – Gaby Comunicação

Deo Martins