Complexo Turístico se consolida como cartão-postal de Parauapebas

 Complexo Turístico se consolida como cartão-postal de Parauapebas

Com pouco mais de um mês de inauguração e espaços diversificados para o lazer e a prática de atividades físicas e esportivas, o Complexo Turístico de Parauapebas já se concretiza como principal cartão-postal da cidade. Localizado em frente à sede da prefeitura, região central, o mais novo espaço é ponto de encontro para famílias, amigos, esportistas e costuma receber de terça a quinta-feira até duas mil pessoas e de sexta-feira a domingo, cerca de quatro mil pessoas.

Entre as áreas mais visitadas estão o bosque (área de piquenique), a ciclovia, o parquinho, as mesas de jogos, o pergolado com mesas e o mirante da barragem, local onde o pôr do sol pode ser contemplado de maneira especial. O horário de maior fluxo de pessoas se concentra, diariamente, entre 17 e 21 horas.

Executada pela Prefeitura de Parauapebas, por meio do Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap), a obra, que possui área total de 150 mil metros quadrados, é uma parceria financeira entre a gestão municipal e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), como parte da primeira etapa do Projeto de Recuperação e Revitalização do Igarapé Ilha do Coco.

As pessoas estão encantadas e impressionadas com o tamanho da área do complexo. Algumas delas nem conseguem fazer todo o percurso do entorno do lago, de pouco mais de dois quilômetros, e preferem ficar mais na área central”, disse Esnandes Silva, Turismólogo do Prosap e atual gestor do Complexo Turístico e do Parque dos Ipês.

Assim como o Parque dos Ipês, inaugurado pela prefeitura em junho de 2022, o Complexo Turístico de Parauapebas possui acesso controlado e normas a serem seguidas pelos frequentadores. “A grande maioria compreende as regras, não questiona, mas infelizmente ainda temos aqueles que não aceitam. Acreditamos que com o passar do tempo isso vai se equilibrando”, observou o gestor.

Reserva de espaços

Em fevereiro, o espaço dará início aos eventos abertos, e, segundo Esnades, os pedidos para as possíveis reservas já se iniciam. Os interessados deverão procurar a área administrativa, no próprio Complexo, para fazer a solicitação.

As pessoas estão nos procurando, no entanto, as reservas começam somente no próximo dia 1º de fevereiro. As regras para guardar espaços que também valerão para o complexo, são bem conhecidas pelos frequentadores do Parque dos Ipês”, explicou o gestor, complementando que as reservas serão realizadas de terça a sexta-feira, das 08 às 12h e das 13h às 18h.

Para um bom funcionamento do espaço, o complexo também conta com controladores de acesso e monitores sociais, responsáveis por orientar os usuários e esclarecer suas dúvidas quanto ao uso do local. “Na última segunda-feira, 16, esses monitores e controladores receberam um treinamento e estão aptos a melhor orientar e atender os nossos visitantes”, assegurou o gestor.

Campanha sobre uso do Complexo

A prefeitura inicia nesta semana, em seus canais oficiais de comunicação, uma campanha de orientação sobre o uso do Complexo Turístico de Parauapebas, informando todas as regras para o bom aproveitamento e conservação do espaço.

Texto: Nara Moura – Fotos: Elienai Araújo

Deo Martins