Começam matrículas das mulheres selecionadas para cursos do Cidade Igualdade

 Começam matrículas das mulheres selecionadas para cursos do Cidade Igualdade

A procura pelos cursos do Cidade Igualdade da Prefeitura de Parauapebas foi tão grande que a Secretaria Especial de Governo (Segov), responsável pela execução do programa, precisou rever a oferta no número de vagas.

Em vez de selecionar 1.260, como previsto inicialmente, relacionou 2.710 mulheres para os 21 cursos profissionalizantes oferecidos, com aulas práticas e teóricas ministradas pelo Senai.

Com a ampliação no número de vagas, o número de turmas saltou de 46 para 65 assim como o número de polos nas zonas urbana e rural. A grande maioria funcionará em escolas municipais. Mas é no Senai, no bairro Cidade Nova, onde haverá o maior número de turmas: nove.

Agora, as 2.710 mulheres selecionadas têm até o próximo dia 6 de setembro para se matricular. Para isso, elas precisam se dirigir ao polo que escolheram para realizar o curso, das 8 às 14 horas, com os seguintes documentos:

  • Cópia e originais do RG e CPF;
  • Cópia de comprovante de residência (caso não tenha pode ser declaração de próprio punho);
  • Cópia do comprovante de escolaridade (caso não tenha pode ser declaração de próprio punho).

Veja AQUI o edital do processo seletivo, com a relação das mulheres selecionadas.

Fica a dica

Para facilitar a busca pelo resultado, ao abrir o edital do resultado da 2ª etapano seu computador pressione “CTRL + f” e digite seu nome. Se você estiver utilizando celular, busque pela funcionalidade de pesquisa e digite seu nome.

Cuidado para não perder a matrícula

Quem perder o prazo, será desclassificada porque não haverá prorrogação das matrículas, e a próxima candidata inscrita poderá ser convocada. O curso Gestão de Almoxarifado, no turno da noite, no bairro Tropical, é o que vai reunir o maior número de mulheres numa mesma turma: 239.

Outro curso que atraiu bastantes alunas foi o de operadora de equipamento de usina, no bairro Rio Verde, onde duas turmas vão reunir 200 alunas. Já no bairro Liberdade, também à noite, o curso de assistente de Controle de Qualidade terá 161 mulheres.

Quando começam as aulas?

A previsão do início dos cursos é dia 15 de setembro deste ano. Serão três meses de aprendizado, com 160 horas de aula e preparo da mulher em profissões tradicionalmente masculinas, com alta demanda no mercado de trabalho da região, nos ramos da mineração, construção civil, indústria, meio ambiente e tecnologia.

Como ficam as mulheres não selecionadas?

O Cidade Igualdade planeja profissionalizar cerca de 20 mil mulheres até 2024. Portanto, quem não foi selecionada nesta segunda etapa precisa esperar até o início de 2023, quando haverá a terceira etapa do programa.

Ainda com dúvidas?

Entre em contato pelos seguintes canais: [email protected] ou pelo whatsApp: (94) 98114-2281.

Texto: Hanny Amoras – Fotos: Arquivo – Ascom/PMP

Deo Martins