Com tecnologia de ponta, Hospital Regional de Marabá reverte aneurisma grave

 Com tecnologia de ponta, Hospital Regional de Marabá reverte aneurisma grave

O primeiro procedimento para diagnóstico e tratamento de aneurisma no Hospital Regional do Sudeste do Pará “Dr. Geraldo Veloso” (HRSP) foi realizado neste mês, com uso de tecnologia de ponta, salvando a vida de uma paciente que apresentava sangramento grave no cérebro.

O aneurisma cerebral é a dilatação em um dos vasos sanguíneos que levam sangue ao cérebro. A doença acomete principalmente pessoas a partir de 40 anos, tendo como principais fatores de risco o tabagismo, pressão alta não controlada (hipertensão) e histórico familiar.

O diagnóstico e o tratamento de doenças neurovasculares, como os aneurismas cerebrais, já estão sendo realizados no Hospital Regional do Sudeste do Pará devido à implantação do Serviço de Hemodinâmica. A unidade presta atendimento 100% gratuito pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Por meio da neurorradiologia intervencionista, o HRSP realiza procedimentos de embolização de aneurisma na hemodinâmica, utilizando técnicas minimamente invasivas, que evitam, em muitos casos, a cirurgia convencional. De acordo com o neurocirurgião Márcio Costa, que atua no Regional de Marabá, o primeiro procedimento foi um sucesso.

A paciente apresentava um sangramento cerebral (AVC hemorrágico) decorrente da ruptura de um aneurisma cerebral. Foi tratado com técnicas minimamente invasivas, que permitiram a manutenção do fluxo sanguíneo no cérebro e a completa exclusão da lesão vascular“, explica o especialista.

O médico ainda ressalta que o serviço de hemodinâmica da unidade na área neurorradiológica tem o potencial de realizar diversos procedimentos, dentre os quais arteriografia cerebral, embolização de aneurismas cerebrais e malformações arteriovenosas cerebral, além do tratamento de AVC.

Há pouco tempo era apenas um ‘sonho’, e hoje temos como promover um tratamento de alta complexidade aos pacientes que nos procuram com doenças cerebrovasculares“, acrescenta o neurocirurgião.

Hemodinâmica – O Serviço de Hemodinâmica instalado em junho deste ano no Hospital Regional do Sudeste do Pará, gerenciado pela Pró-Saúde, em Marabá, oferece aos usuários procedimentos em cardiologia, como cateterismo cardíaco, angioplastia cardíaca com stent e implantes de marca-passo definitivo.

Valdemir Girato, diretor Hospitalar do HRSP, informa que há capacidade para realizar mais de 100 procedimentos por mês, beneficiando pacientes sem a necessidade de deslocamento até Belém.

É um serviço de alta complexidade, que já é referência para mais de 1 milhão de pessoas de 22 municípios da região Carajás. Possuímos uma equipe altamente capacitada que, mesmo em tão pouco tempo, já salvou muitas vidas“, enfatiza.

Fonte: Ascom/HRSP

Deo Martins