Anvisa autorizou Pará a comprar vacina Sputnik V, saiba quem não deve tomar

 Anvisa autorizou Pará a comprar vacina Sputnik V, saiba quem não deve tomar

Foto: Divulgação

A importação da vacina Sputnik V ao Pará, aprovada nessa terça-feira, 15, deverá ser realizada sob condições controladas. Por isso de acordo com a Anvisa, foram estabelecidas as mesmas responsabilidades e condicionantes aos requerentes.

Entre as obrigações exigidas pela agência, consta uma em que apenas pessoas entre 18 e 60 anos sejam vacinadas com as duas doses do imunizante, mas nem todos.

A Anvisa tem uma lista de indivíduos que não podem tomar a Sputnik V. Nela estão, além dos indivíduos com hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula, outros grupos como o de gestantes e pessoas com HIV.

Confira quem não pode tomar a Sputnik V:

– gestantes;

– lactantes;

– mulheres em idade fértil que pretendam engravidar nos próximos meses;

– quem recebeu outra vacina contra a Covid-19;

– aqueles que tomaram qualquer vacina em um período anterior de quatro semanas;

– pessoas com febre;

– pessoas com HIV;

– pessoas com hepatite B ou C;

– indivíduos que receberam imunoglobulinas ou hemoderivados em um período anterior de três meses;

– quem está passando ou passou por tratamento com imunossupressores, citotóxicos, quimioterapia ou radiação em um período anterior de 36 meses;

– pacientes em terapias com biológicos incluindo anticorpos anticitocinas e outros anticorpos;

– indivíduos com antecedentes de anafilaxia;

– pessoas enfermidades graves ou não controladas, como cardiovasculares, respiratórias, gastrointestinais, neurológicas, insuficiência hepática ou renal e patologias endócrinas.

Fonte: Roma News

Deo Martins