1ª Feira Ciranda dos Brechós movimenta a economia e incentiva o empreendedorismo

 1ª Feira Ciranda dos Brechós movimenta a economia e incentiva o empreendedorismo

Produtos, como confecções, sapatos, biojoias e artesanatos em ótimas condições de reúso e com preços acessíveis, foram comercializados na 1ª Feira Ciranda dos Brechós, realizada nesse fim de semana, 28 e 29, na Praça de Eventos, bairro Cidade Nova.

Trata-se de uma iniciativa do grupo Ciranda dos Brechós, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Seden), com o objetivo de fomentar a economia local, potencializando o empreendedorismo de mulheres que comercializam itens em brechós no município.

Em Parauapebas, tem pelo menos 300 pessoas trabalhando com brechó. À medida que elas foram procurando a gente, foi formado esse grupo e surgiu a ideia de fazer uma feira. E aí foi criado o Ciranda dos Brechós – é o nome do grupo delas. Essa é a primeira feira e a intenção é fazermos outros eventos como esse”, comenta Lídia Abreu, coordenadora de Empreendedorismo Feminino da Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Seden).

Para Elisangela Martins, líder do grupo Ciranda dos Brechós, é cada vez mais crescente a prática de mulheres que trabalham com itens reutilizáveis.

Nós tivemos essa ideia, de montar o grupo Ciranda dos Brechós, que seria a reunião de todos os brechós da cidade no mesmo local.  Hoje, nós estamos com 38 expositoras, porém, a gente tem um grupo de mais de 100 mulheres. A gente quer, depois, ampliar essa estrutura, para mais expositoras”, destaca.

A vendedora Andréia Souza aprovou a iniciativa. “A gente já fazia esse movimento entre amigas no Instagram e aí houve esse convite, através da Seden. Decidimos participar, porque é uma forma de incentivar a mulher a empreender, a descobrir novas formas conscientes de gastar seu dinheiro”, ressalta.

Texto: Sara Dias – Fotos: Elienai Araújo – Assessoria de Comunicação/PMP

Deo Martins