Espetáculo A Paixão de Cristo emociona fiéis de Parauapebas

 Espetáculo A Paixão de Cristo emociona fiéis de Parauapebas

Após dois anos sem a clássica encenação da Paixão de Cristo, espetáculo volta a ser realizado e reúne centenas de fiéis em frente à prefeitura em duas noites de apresentação. Mais de 50 atores locais fazem parte do elenco responsável por relembrar a história de vida, morte e ressureição de Jesus.

Durante a procissão, que saiu da igreja São Francisco, foi realizada a Via Sacra encenada por jovens das igrejas, com o objetivo de mostrar o trajeto que foi percorrido por Jesus carregando a cruz desde o Pretório até ao Calvário.

Os olhos atentos e emocionados de Luzia Cavalcante refletiam sobre o ato que traduz o amor maior de Jesus pelos homens. Pela primeira vez, ela assistiu à encenação. “Estou achando lindo. Estou muito emocionada porque eu vejo o quanto Ele sofreu por me amar. Ele se entregou nessa cruz por amor a mim, por amor a toda a humanidade”, descreveu ela.

A peça é tradição na Semana Santa e retorna com uma parceria entre a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), e igrejas católicas do município com grupos de teatro da cidade. “Artistas locais da nossa terra fizeram, praticamente, toda a parte teatral e cenografia. Tudo da nossa cidade”, ressaltou o secretário de Cultura, Sadisvan Pereira.

O roteiro, pesquisa e montagem das cenas foram produzidos pelo professor de teatro Tonico Ferreira, que preparou tudo focado numa só mensagem: amor. “Jesus é amor verdadeiro, é fraternidade, paz e união. Então, é tudo isso que a gente levou pra cena”, explicou.

Para o vice-prefeito João Trindade, retornar com a encenação após dois anos de pandemia é para ser celebrado. “É como se abrissem novas janelas para que a gente possa ver o povo se manifestar dentro daquele sentimento de comunhão, de humildade, de santidade”, pontuou.

O jovem ator Gabriel Morais encarou o desafio de viver o papel de Jesus. Para ele, foi uma grande responsabilidade e um privilégio. “É uma emoção muito grande representar Jesus, este homem que foi um exemplo e trouxe muitos ensinamentos. Fiquei muito lisonjeado com a responsabilidade de poder relembrar a história de vida, morte e ressurreição de Jesus e trazer para as pessoas por meio do teatro”.

No domingo de Páscoa, foi realizada a segunda noite de encenação. O público também assistiu a um show de fogos, que celebrava a ressurreição de Jesus.

Texto: Morgana Albuquerque – Fotos: Renato Resende – Assessoria de Comunicação/PMP

Deo Martins