Trânsito na rua Santa Catarina, bairro Liberdade 1, será alterado para construção de nova ponte

 Trânsito na rua Santa Catarina, bairro Liberdade 1, será alterado para construção de nova ponte

A ponte da rua Santa Catarina, que interliga os bairros União e Liberdade, será interditada na manhã desta segunda-feira, 20. Uma nova estrutura será erguida no local pela Prefeitura de Parauapebas, por meio do Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap).

Durante o período de execução da obra, o trânsito de veículos e pedestres será desviado para a rua Vinicius de Moraes, que passará a ter sentido em mão dupla até a rua Perimetral Norte. A obra deve se estender por cerca de seis meses; a nova ponte terá 45 metros de comprimento por 11 metros de largura, o dobro do tamanho da atual.

Para auxiliar e orientar moradores da área, condutores e pedestres, o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT) já está realizando a devida sinalização da área.

Sobre a nova ponte

De acordo com o engenheiro civil e sanitarista do Prosap, Roginaldo Rocha, a nova ponte vai permitir uma melhor adequação ao traçado do canal do Igarapé Ilha do Coco. “A nova ponte será bem maior, mais moderna e com a adequação correta à largura do canal”, ressalta.

Atualmente, a ponte da rua Santa Catarina possui 22 metros de comprimento, e o canal apresenta 30 metros, por isso a necessidade de uma nova estrutura. Além do dobro do tamanho, a ponte a ser construída terá ainda sistema de iluminação com lâmpadas de led, espaço para pedestres e ciclistas e também sinalização adequada.

Social informa comunidade

Visando minimizar os impactos causados pela intervenção, a equipe de assistentes sociais do Prosap já iniciou trabalho prévio junto à comunidade impactada diretamente pelos serviços. Na manhã de terça-feira, 14, a equipe informou e esclareceu aos moradores e comerciantes da área sobre a obra, com entrega de material informativo.

A intervenção de melhoria tem como objetivo aperfeiçoar a infraestrutura às margens do Igarapé Ilha do Coco, evitando situações de inundação no perímetro urbano quando do período chuvoso, além de contribuir para uma melhor mobilidade urbana.

Texto: Nara Moura/Prosap e Juliano Corrêa/Semsi – Fotos: Anderson Souza e Chico Souza

Deo Martins