Servidores participam da Semana de Planejamento

 Servidores participam da Semana de Planejamento

Com mais de cem inscritos, a Semana de Planejamento, que iniciou na segunda-feira, 22, e segue até a próxima sexta-feira, 25, vem garantindo participação efetiva dos servidores. O público garante que o evento só tem a agregar às práticas da administração pública e que é fundamental. “Cada pessoa que participou aqui volta para sua secretaria mais motivada a fazer as ferramentas que aprendeu aqui acontecerem”, comenta Angélica Nunes, coordenadora da Assessoria de Planejamento da Secretaria Municipal de Administração.

No segundo dia do evento, os participantes deram continuidade ao curso “Planejamento governamental, monitoramento e avaliação do PPA”, ministrado por José Celso Cardoso Junior, doutor em desenvolvimento e técnico de planejamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). “É necessário retomar essa cultura de planejamento, recuperando secretarias específicas, capacitando o pessoal, avançando na sofisticação tecnológica e, sobretudo, difundindo o tema do planejamento por entre os servidores e também junto a comunidade de modo geral”, explica o palestrante.

Para Luciana Silva, técnica em planejamento da Secretaria da Fazenda, responsável pela organização do evento, o objetivo é exatamente o de melhorar a prestação de serviços à população por meio da qualificação. “Uma vez que o servidor está qualificado, ele presta melhor serviço para a população. Nós temos que ver que se a gente não qualificar essas pessoas, a gente também não tem um serviço de qualidade”, frisa Luciana Silva. Ela acrescenta que a Semana de Planejamento deste ano está muito maior que a do ano anterior e antecipa que a ideia é de continuar realizando o evento anualmente.

A servidora do Departamento de Relações Indígenas, Mailane Morais, comenta que o principal ponto do curso é o monitoramento e avaliação de resultados. “É onde a gente vai conseguir saber se aquele resultado teve um impacto positivo ou negativo para a população porque é isso que nós, enquanto servidores, temos que entregar, resultado para a população”, enfatiza.

Paulo Patrick Lima, coordenador de Economia de Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, também concorda que o curso é de grande valia tanto para a administração pública, quanto para o usuário. “Esse curso nos dá o entendimento de ferramentas que a gente consiga analisar as problemáticas do nosso município e fazer com que tenhamos soluções que possam impactar efetivamente na vida das pessoas aqui do município”, conta o servidor.

Texto: Morgana Albuquerque – Fotos: Piedade Ferreira / Morgana Albuquerque – Assessoria de Comunicação/PMP

Deo Martins