Prefeitura assina OS para segunda etapa do Projeto do Igarapé Lajeado

 Prefeitura assina OS para segunda etapa do Projeto do Igarapé Lajeado

Uma grande obra do Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap) começa a ser executada este mês pela Prefeitura de Parauapebas, representando mais um salto na qualidade de vida do município.

Homens e máquinas estão sendo preparados para iniciar a segunda etapa do Projeto do Igarapé Lajeado, com oito quilômetros de obras múltiplas que irão beneficiar diretamente cerca de 90 mil pessoas, com micro e macrodrenagem, obras viárias, de abastecimento de água e esgotamento sanitário, urbanismo e paisagismo.

A ordem de serviço para a construção da segunda etapa foi assinada pelo prefeito Darci Lermen na tarde desta segunda-feira, 8, juntamente com o vice-prefeito João do Verdurão; com o coordenador executivo do Prosap, Daniel Benguigui; e o coordenador de Projetos Especiais e de Captação de Recursos do programa, Cleverland Araújo. Presentes, equipe técnica do Prosap e representantes das empresas que irão executar as obras, previstas para serem entregues em 30 meses.

Com seis quilômetros a mais que na primeira etapa, o projeto terá cinco frentes de trabalho nesta segunda etapa e vai gerar cerca de três mil empregos diretos e indiretos. “Já tem equipe em campo, na limpeza, para dar continuidade ao projeto nessa segunda etapa. As obras serão dali da ponte do Amec Ville e vão até próximo tanto do Cidade Jardim quanto do Bairro dos Minérios”, informou Cleverland Araújo.

Recursos próprios do município

Animado com o início das obras, Darci Lermen destacou o fato de que o Projeto do Igarapé Lajeado é de inteira responsabilidade orçamentária do município. São R$ 125 milhões em investimentos. “Essa etapa do Lajeado é uma etapa que nós fazemos com recursos nossos, recursos próprios”, disse o prefeito ao falar da importância do Prosap para a “grande melhoria” no saneamento básico de Parauapebas, cujo índice subirá de 8% para quase 70%.

Além disso, observou o prefeito, cerca de 300 famílias foram retiradas de áreas de risco e estão recebendo a casa própria. “Por onde o Prosap passa, está transformando a cidade, está melhorando. As pessoas que moravam em condições ruins, em risco, estão sendo remanejadas. Vão morar numa casa decente e vão viver com dignidade a vida deles na nossa cidade”, apontou Darci Lermen.

Para João do Verdurão, o uso de recursos próprios numa obra como a do Lajeado evidencia o compromisso da prefeitura com uma gestão transparente e equilibrada financeiramente. “Para fazer uma obra dessa grandeza, você tem que ter realmente determinação, gerenciamento, ter gestão porque é muito recurso para se construir uma obra principalmente nessa grandeza e com o custo que a gente está fazendo”, avaliou o vice-prefeito.

Mais áreas de lazer

E a cidade que se prepare para contar com mais áreas de lazer, avisaram os gestores. A segunda etapa do Lajeado vai construir três parques para a população. Um deles será três vezes maior que o dos Ipês, inaugurado dia 24 de junho deste ano. “Com certeza, a prefeitura vai transformar essa parte do Lajeado, que é difícil de se urbanizar, numa das áreas mais bonitas da nossa cidade”, afirmou João do Verdurão.

Texto: Hanny Amoras – Fotos: Elienai Araújo e arquivo/Prosap – Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Deo Martins