Comped comemora 2,4 mil atendimentos um ano após inauguração de sede

 Comped comemora 2,4 mil atendimentos um ano após inauguração de sede

Neste mês de novembro, a Comped celebra um ano de inauguração da sua sede, tendo sido criada com a finalidade de coordenar, planejar, articular políticas públicas de inclusão da pessoa com deficiência de forma a garantir o livre exercício dos direitos civis e humanos da pessoa com deficiência em nível municipal.

Confira abaixo os serviços ofertados à comunidade:

Garantia dos direitos

Cadastro para emissão das carteiras de Passe Livre, garantindo o direito de acesso aos eventos culturais e aos transportes públicos, assim como a carteira do autista (CIPTEA). Ambas as carteiras possibilitam a entrada franca em eventos culturais a pessoas com deficiência.

Emprego e Educação

A Comped auxilia o público PcD na busca pelo ingresso no mercado de trabalho. Por meio de parceria com o Sine e com as empresas Komatsu e Vale, aproximadamente já foram encaminhados 250 candidatos para empresas, além de contribuir com a emissão, atualização e envio de currículo para o banco de oportunidades para as empresas parceiras.

Plano de Acompanhamento e Acolhimento Socioassistencial (Pasp)

O serviço de acompanhamento e acolhimento conta com atendimento psicológico e socioassistencial, por meio do qual é realizado o encaminhamento em atendimentos específicos, voltados ao usuário e seus familiares.

Atendimento jurídico para consultoria

A equipe jurídica da Comped realiza atendimento de consultoria, direcionando o usuário para áreas específicas, de acordo com a solicitação e esclarecendo dúvidas. É voltado à pessoa com deficiência.

Comped nas Escolas

No dia a dia, pessoas com deficiências sofrem diversas situações de preconceito, inclusive no ambiente escolar. Pensando nisso, a Comped leva às escolas palestras com demonstrações de situações vivenciadas por pessoas com deficiência, suas trajetórias de luta e as práticas inclusivas no cotidiano escolar. Essa iniciativa da Comped visa criar conscientização sobre as pessoas com deficiência.

Projeto Canguru

O projeto consiste em atendimento itinerante, residencial a mães e cuidadores de pessoas com deficiência, com equipe multidisciplinar, levando acolhimento e esculta psicológica. O principal objetivo é cuidar de quem cuida.

Central de Libras

Um marco para comunidade surda, implantado pela Comped, foi a Central de Libras, que vem ofertando a capacitação em Língua Brasileira de Sinais (Libras) para servidores públicos e a comunidade. Além disso, conta com serviço de atendimento destinado a pessoas com deficiência auditiva, surdez e a familiares, com disponibilização de intérpretes tanto on-line como itinerante, em local físico, facilitando a acessibilidade comunicacional nos serviços públicos e privados no município de Parauapebas.

Trabalhamos desde o início para sempre manter a garantia dos direitos da pessoa com deficiência, com objetivo de melhorar o atendimento ao respectivo público. Além dessas ações, neste ano iniciamos as capacitações com o curso de Libras para o funcionalismo público, tornando o serviço cada vez mais inclusivo. Estamos muito felizes pelos os mais de 2,4 mil atendimentos por meio dos projetos e serviços oferecidos à pessoa com deficiência. Esse foi o primeiro de muitas conquistas. Em 2023 acredito que muito mais virá”, diz o coordenador municipal da Pessoa com Deficiência, Edivaldo Lima.

Texto: Nívea Lima / Ascom-PMP – Foto: Acervo Ascom

Deo Martins