Médica chama polícia após perceber hematomas em bebê

 Médica chama polícia após perceber hematomas em bebê

Beb~e tinha mais de 30 hematomas pelo corpo. | Reprodução

Uma história envolvendo uma médica e uma bebê de seis meses chocou a todos os moradores de Anápolis, no estado de Goiás.

A profissional atendeu a bebê e percebeu que a criança sofria maus-tratos. Ela acionou o conselho tutelar na hora do atendimento, na noite de segunda-feira (10).

A criança foi atendida na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) pediátrica, no município. À Polícia Militar, a mãe da criança disse que a bebê estava no colo do pai quando os dois perceberam que ela não estava bem. O homem chegou a ser levado à delegacia, mas informou que não sabia o motivo dos hematomas e foi liberado.

A mãe disse que o bebê estava ‘molinho’ no colo do pai e acionou o Corpo de Bombeiros, que levou a criança ao hospital. A mãe foi junto acompanhando”, disse o conselheiro tutelar Miqueias Duarte.

Após o atendimento inicial e a constatação da gravidade do caso, a bebê foi transferida para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia, onde segue em internada em estado grave. Segundo a unidade de saúde, a criança respira com ajuda de aparelhos.

Ainda de acordo com o conselheiro tutelar, o órgão agora aguarda um parecer da Polícia Civil para comprovar se o caso tem relação com maus-tratos. Por enquanto, a criança segue acompanhada pela mãe, na unidade de saúde. Segundo Duarte, não há nenhuma denúncia anterior relacionada aos pais da criança junto ao conselho.

DOL com informações do Metrópoles

Deo Martins