Foram dois momentos especiais de superação, conquista e emoção proporcionados pelo Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), nesta quarta-feira, (10).
Na unidade, localizada em Marabá, as crianças Manuella Silva Leandro, de apenas nove meses de vida, e Nicolas Henrique Vitor Cruz, de três anos, enfrentaram com sucesso o novo coronavírus e ganharam alta médica e o retorno aos braços dos pais.
Manuella, do município de Breu-Branco, precisou ficar internada por sets dias no Regional. Ela deu entrada no dia 4 de junho, com sintomas gripais, desconforto respiratório, febre, taquicardia e tosse, sendo encaminhada imediatamente para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica.
Ela foi a paciente mais jovem, acometida pelo vírus, a receber alta no Regional de Marabá, unidade do Governo do Pará e gerenciada pela Pró-Saúde. A saída da pequena foi acompanhada pela equipe assistencial, que fez questão de celebrar esse momento com muitos aplausos.

Vestida com a uma roupinha especial de princesa, Manuella foi recebida com muita emoção pelo colo da mãe, Ana Paula, que não conteve as lágrimas ao ter de volta a sua filha.
Quero agradecer a Deus e a essa equipe maravilhosa do hospital Regional, que durante esses dias deram todo apoio que eu precisava para enfrentar a doença. Estou muito feliz em ter a minha filha de volta, tanto que não consigo nem expressar o quão importante é esse momento na minha vida“, declarou a mãe.
Luta pela vida
Já o menino Nicolas, é morador do município de São Domingos do Araguaia, travou uma batalha ainda maior. Foram 14 dias de luta e persistência. Com apenas três anos de idade, a sua chegada no HRSP aconteceu no dia 27 de maio. O garoto, portador de Síndrome de Down, chegou em estado grave, sendo necessária a intubação.
Com os esforços da equipe multiprofissional, além da própria luta de Nicolas, seu estado de saúde evoluiu de forma positiva. A celebração da sua alta foi marcada por muita felicidade, tanto de sua família, quanto dos colaboradores do Regional. Ele também foi recebido pela mãe, emocionada.
Os profissionais do Regional são anjos, e estão no meu coração, por terem salvo a vida do meu filho. Ele chegou em um estado muito grave e agora, está saindo curado dessa doença. Quero agradecer também a todos que oraram pela vida do meu filho, tudo valeu a pena vendo ele sorrir agora novamente ao ouvir minha voz“, ressaltou Selma Macedo, a mãe.
Para o médico Cassiano Barbosa, diretor Técnico do HRSP, a alta do Nicolas foi uma grande vitória para toda equipe médica e assistencial da unidade, devido ao estado no início, considerado muito grave.
Ele é um garoto vitorioso e merece todos aplausos por ter lutado bravamente e ter vencido essa doença“, resume Cassiano, também emocionado.
Leitos para Covid-19 no HRSP
O HRSP presta atendimento 100% gratuito e é referência no tratamento de casos da Covid-19 na região Sudeste do Pará. A unidade conta com 115 leitos, dos quais 32 são exclusivos para atendimento aos casos da doença. Até a tarde desta quarta-feira (10/6), o HRSP já alcançou a marca de 28 pacientes recuperados, após internação relacionada ao novo coronavírus.
Sobre a Pró-Saúde
A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.
Ederson Oliveira – Ascom/PróSaúde