A Policia Civil de Parauapebas cumpriu na manhã desta segunda-feira (19) um mandado de prisão preventiva contra um professor do município. Dailson de Jesus Freitas Viana é acusado de praticar o crime de estupro de vulnerável contra uma criança de 8 anos de idade. Ele foi preso na escola onde trabalha.
O crime de estupro de vulnerável está previsto no Ar. 217-A do Código Penal, e caracteriza-se pela prática de conjunção carnal e/ou atos libidinosos diversos da conjunção carnal.

Dailson de Jesus Freitas Viana é acusado de praticar o crime de estupro de vulnerável contra uma criança de 8 anos de idade. – Foto: Rede Social

Dailson é professor em uma escola do município e suspeito de assediar suas alunas. O ato libidinoso teria sido cometico contra uma criança há uma semana na mesma escola em que lecionava.
Em nota a Prefeitura Municipal de Parauapebas declarou que “em relação à prisão de um professor da rede municipal de ensino na manhã de hoje, 19, acusado do crime previsto no Artigo 217 –A do Código Penal Brasileiro, a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Ensino (Semed), esclarece que abomina este e qualquer tipo de violência contra qualquer ser humano e que está tomando todas as providências administrativas cabíveis, inclusive informa que o docente será encaminhado para Processo Administrativo Disciplinar (PAD). A Semed informa ainda, que o Departamento de Apoio Psicossocial e Pedagógico da instituição irá acompanhar os alunos e familiares da turma atendida pelo referido professor”.
De acordo com a diretora da 20ª Seccional de Polícia, Yana Azevedo, o acusado não se pronunciou em sua defesa. Ao ser enquadrado no artigo 217-A do Código Penal, Dailson pode pegar pena de 8 a 15 anos de reclusão.
Reportagem: F5 – Foto: Rede Social

Comentários do Facebook