Segundo testemunhas, a soldado Alanna atirou no marido durante uma briga do casal. Foto: Reprodução

Thiago Valdiney Bezerra Dias, de 30 anos, morreu após ser baleado durante uma briga na madrugada deste domingo (16), na rua José Araújo, no Distrito Industrial, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém.
A suspeita do crime, segundo a irmã da vítima, é a esposa de Thiago, a soldado da Polícia Militar Alanna Patrícia da Cruz Barros, de 29 anos, lotada no 2º Batalhão.
De acordo com a PM, segundo relatos de testemunhas, Alanna atirou no marido durante uma briga do casal. A vítima ainda chegou a ser socorrida por parentes para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, mas não resistiu.
Ainda segundo a PM, a soldado Alanna Barros se apresentou espontaneamente na Secional Urbana de Polícia Civil da Cidade Nova no fim da manhã. Ela foi encaminhada para a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) e, em seguida, para a Delegacia de Crimes Funcionais (Decrif) da Polícia Civil.
Em paralelo à investigação da Polícia Civil, a Corregedoria-Geral da Polícia Militar informou que vai instaurar um procedimento administrativo para apurar os fatos.
Reportagem: DOL

Comentários do Facebook