Odair Santos foi preso em um hospital de Belém/Foto: Divulgação

Após denúncia à equipe da Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e Adolescente (Deaca) de Parauapebas, Odair Santos Souza foi preso em Belém, nesta semana, em cumprimento de mandado de prisão pela acusação de ter estuprado a enteada, uma criança de 11 anos.
De acordo com o investigador Marcos Andrino, que atua na Deaca, ele foi preso ao dar entrada na Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, na capital do estado. “Tivemos essa informação e juntamente com a Polícia Militar e a Polícia Civil de lá articulamos a prisão dele”.
O policial civil destaca que o homem é acusado de cometer o crime de forma cruel. “O Odair cometia abusivos sexuais contra a enteada de 11 anos com requintes de crueldade, amarrando amenina, por exemplo”.
O caso foi denunciado à Deaca há dois meses, quando foi registrado boletim de ocorrência. Em seguida foi solicitada a prisão preventiva, decretada pelo Poder Judiciário. Desde então, o pastor era procurado.
Reportagem: Luciana Marschall e Ronaldo Modesto – Correio de Carajás

Comentários do Facebook