A Polícia Federal no Pará deflagrou na manhã desta quinta-feira (23) a operação Non Est Anonymity 1, que tem o objetivo de combater a pornografia infantil na capital paraense. Além com cumprimento de um mandado de busca e apreensão no bairro de Fátima, houve também a quebra do sigilo de dados telemáticos. Uma pessoa, que não teve a identidade revelada, foi presa em flagrante.
Os crimes investigados na ação são o de disponibilização de pornografia infantil e o de armazenamento de pornografia infantil.
O nome dado a operação “Non Est Anonymity 1“, é uma expressão em latim que significa “não há anonimato“; é uma alusão feita a internet no sentindo de que não é lugar de anônimos.
Diário Online