A partir da próxima segunda-feira, 25, pessoas que apresentarem sintomas do novo coronavírus poderão procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência para serem avaliadas e, dependendo dos critérios médicos, testadas conforme orientação do Ministério da Saúde e protocolo clínico criado pelo Comitê Municipal de Controle de Riscos.
Agora, além dos testes rápidos já realizados no Pronto Socorro do HGP e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), pessoas sintomáticas poderão realizar o exame também nas Unidades Básicas de Saúde. Somente quem tem um quadro sintomático, ou seja, pessoas que estão com tosse, com febre e com sintomas há, no mínimo, oito dias poderão fazer o exame”, explica o secretário de Saúde, Gilberto Laranjeiras.
O prefeito Darci Lermen assinala que objetivo da expansão dos testes rápidos para as UBS é o de monitorar as pessoas sintomáticas, verificar se elas estão com o coronavírus para fazer corretamente o isolamento social ou para que sejam encaminhadas para o atendimento adequado.
É muito importante que tenhamos compreensão neste momento e entender que não será qualquer pessoa que poderá fazer o teste, mas somente pessoas com sintomas e que se enquadrarem nos critérios médicos”, reforça o prefeito.
A orientação é para que o paciente, antes de recorrer à unidade de saúde, primeiro entre em contato com o Disk-Covid, para receber uma avaliação da equipe e, assim, evitar a sobrecarga no atendimento. O Disk-Covid oferece atendimento exclusivamente pelo whatsapp por meio do número (31) 98625-3239, que funciona 24 horas por dia e é gratuito.
Na UBS, a pessoa passará por avaliação médica e, conforme o quadro clínico, irá fazer o teste rápido. Dependendo do caso, o paciente será encaminhado para o Hospital de Campanha ou UTI do HGP. Os testes rápidos devem ser sempre indicados por um médico, que levará em consideração o período do início dos sinais e sintomas da doença.
Ainda na segunda-feira, por meio da Secretaria de Saúde (Semsa), a prefeitura irá realizar a segunda fase de testes rápidos em profissionais de saúde das UBS e de outros órgãos municipais. A primeira fase foi destinada aos profissionais das unidades de retaguarda, no caso a UPA, Pronto Socorro e Hospital Geral de Parauapebas (HGP).
Aproximadamente, quatro mil testes vão atender profissionais que atuam nos serviços de saúde de Parauapebas e também agentes de segurança pública (como policiais, bombeiros, guardas civis e municipais), idosos, portadores de doenças crônicas e pessoas economicamente ativas que apresentarem sintomas de síndrome gripal.
O teste rápido será usado como auxílio médico no diagnóstico da Covid-19. Uma ampla estratégia de testagem é crucial para controlar a epidemia causada pelo novo coronavírus uma vez que vai ajudar a identificar de maneira mais célere quem tem anticorpos contra SARS-CoV-2 e que medidas de isolamento, acompanhamento e intervenção podem ser realizadas com maior acerto para a população. No caso dos profissionais de Saúde e Segurança Pública, após o tratamento adequado poderão voltar mais rápido ao serviço e atuar com segurança no atendimento da população”, explica a diretora da Atenção Primária à Saúde, Késia Gomes.
Medicação disponível
Foram selecionadas quatro das 23 Unidades Básicas de Saúde da zona urbana do município para serem “Unidades Polos” de entrega de medicações para a população com diagnóstico da Covid-19. Os kits serão entregues com apresentação de receita médica.
Durante o cenário da pandemia, as quatro unidades deixarão de ter atendimentos rotineiros e passarão a ter atendimentos exclusivos para o novo coronavírus, evitando o contato de pessoas sintomáticas com pessoas sem contaminação. Nesse período, as demais UBS do município vão absorver a demanda das unidades que, temporariamente, não realizarão os atendimentos como de costume.
Durante a análise para definir quais unidades seriam polos de atendimento, foi realizado o cruzamento do “número de atendimento x bairros” com o maior número de pessoas infectadas, levando em consideração a estrutura física das UBS e a equipe de profissionais, de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde.O teste rápido
O teste rápido disponível nesse primeiro momento em Parauapebas é denominado SARS-CoV-2 Anbody test, da fabricante Guangzhou Wondfo Biotech Co. LTDA, e detecta anticorpos IgM/IgG contra SARS-CoV-2. Esse teste foi analisado pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) da Fiocruz e obteve parecer satisfatório. No Brasil, a representante legal da fabricante é a empresa Celer Biotecnologia S/A, que disponibiliza o mesmo teste nacionalmente com o nome ONE STEP COVID-2019 TEST.
A testagem
Os testes devem ser feitos a partir do oitavo dia do início dos sintomas de síndrome respiratória (como febre, tosse, dificuldade para respirar ou dor de garganta) para detectar a presença de anticorpos (IgG e IgM), que são defesas produzidas pelo corpo humano contra o vírus SARS-CoV-2, que causa a Covid-19.
Os testes rápidos são realizados por meio de amostras de sangue capilar ou venoso e o resultado é verificado após 15 minutos da realização do mesmo. Esse é um teste qualitativo para triagem que deve ser usado como uma ferramenta complementar no diagnóstico da doença.
Texto: Nívea Lima – Foto: Arquivo/Ascom/Irisvelton Silva