Em uma cerimônia emocionante, a população de Parauapebas ganhou novos 31 bacharéis em direito. Na noite desta terça-feira (16), ocorreu, no Auditório João Prudêncio de Brito, a colação de grau dos estudantes de direito da Universidade Federal do Pará, polo Parauapebas.
O curso de direito foi viabilizado por meio de um convênio entre a Prefeitura Municipal de Parauapebas e a Universidade Federal do Pará. Pela terceira vez as instituições firmaram a parceria e, após cinco anos de ensino, proporcionaram aos estudantes a concretização do sonho de concluir a formação superior.
A cerimônia foi presidida pelo professor e doutor em direito Antônio Maués. Compuseram a Mesa Diretiva da cerimônia, a coordenadora do curso de direito em Parauapebas, Luanna Tomaz; o presidente da Câmara Municipal de Parauapebas, vereador Luiz Castilho; o Secretário Municipal de Educação Raimundo Neto; o presidente da OAB Subseção Parauapebas, Deivid Benasor; a coordenadora do Centro Universitário de Parauapebas, Tânia Bruneli; o representante do Executivo, Orlando Menezes; o homenageado da turma, o advogado Rubens Moraes e o colando Elcklin Santos.
Em seus discursos as autoridades reafirmaram a necessidade dos novos profissionais atuarem com senso de justiça, equidade e sempre pautados na solidariedade. Ao se pronunciar, o presidente da Câmara Municipal de Parauapebas parabenizou os três servidores da Casa de Leis que se titularam como bacharéis em direito na cerimônia. Os servidores Allan Glauber, Lúcia Lisboa e Josiane Quintino integram o quadro efetivo do legislativo desde 2013. “Pra mim é uma satisfação enorme ver entre os formandos três servidores desta Casa. Ou seja, a população de Parauapebas poderá contar com pessoas mais capacitadas e preparadas para servi-los. A qualificação profissional que está sendo coroada nesta celebração representa melhores serviços para a comunidade. Por isso, é um compromisso meu lutar, sempre, pela qualificação e pelo reconhecimento do servidor ”, destacou o vereador Castilho.
O presidente da Casa ainda citou uma frase do jurista Rui Barbosa “não há nada mais relevante para a vida social que a formação do sentimento da justiça“. Em seguida, o parlamentar se dirigiu aos formando dizendo que agora a justiça cabe a cada um deles. “Porque se aprende direito lendo e se exerce direito com o pensamento. Portanto, dentro da função que vocês irão exercer daqui pra frente, sejam retos, firmes e fiéis ao que vocês se propuseram a fazer”, finalizou Castilho.

Foto: Anderson Souza

Foto: Anderson Souza