Um motorista foi flagrado arrastando um cachorro pela coleira em uma estrada de terra em Itarema, no Ceará. Um motociclista que passava pelo local filmou o ato e publicou nas redes sociais. As imagens mostram o animal sendo arrastado pela via. Depois ela consegue se levantar e corre para tentar acompanhar o veículo que o puxa pela coleira.


O vídeo gerou indignação de alguns internautas e de entidade de defesa dos animais.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Pessoal, esse foi o cãozinho que foi arrastado por um veículo, no município de Itarema. O responsável já foi identificado e intimado. Os policiais civis da Delegacia de Itarema e policiais militares do Destacamento da cidade foram até a casa do proprietário do veículo e resgataram o cão. O indivíduo que fez a maldade com o animal não estava no local. Além do cão que aparece no vídeo, um outro que estava na mesma casa também foi resgatado. Sei que o vídeo chocou muitas pessoas, mas o animal está bem e sob o cuidado dos próprios policiais. Agradeço a todos que se preocuparam, denunciaram e me marcaram para chamar a atenção para o fato, assim como agradeço em especial aos policiais civis e militares que, em conjunto, realizaram essa ação de grande empatia pelos animais.

Uma publicação compartilhada por André Costa (@delegadoandre) em


Por meio de sua conta no Instagram, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, André Costa, afirmou que o dono do carro foi identificado e intimado a prestar depoimento. Policiais foram até a casa do suspeito, que não estava no local, e resgataram o cachorro arrastado no vídeo e um outro que estava no mesmo imóvel. O cachorro que foi arrastado aparece em um breve vídeo publicado pelo secretário em boas condições e sem machucados aparentes. “Sei que o vídeo chocou muitas pessoas, mas o animal está bem e sob o cuidado dos próprios policiais“, escreveu Costa. Em nota enviada a equipe de reportagem na manhã de hoje, a Secretaria de Segurança informou que os animais resgatados estão sob cuidados de uma ONG. O caso é investigado pela Polícia Civil, que apura a ocorrência de crime de maus tratos.
Fonte: UOL